Tigres de Bengala (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tigres de Bengala
Álbum de estúdio de Tigres de Bengala
Lançamento 1993
Gravação 1993
Gênero(s) Pop rock
Duração 39:56
Formato(s) LP, CD
Gravadora(s) PolyGram, Philips, Universal Music Brasil
Produção Mayrton Bahia

Tigres de Bengala foi um projeto reunindo músicos consagrados na época: Ritchie, Cláudio Zoli, Vinícius Cantuária, Dadi, e Billy Forghieri.

O primeiro sucesso foi “Elefante Branco”, lançado no início de 1993. No segundo semestre de 1993 o seu segundo sucesso, “Agora ou Jamais”, foi incluída na trilha da novela das 19 horas da Rede Globo, “Olho no Olho”, tornando-se um grande hit radiofônico.[1]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Elefante Branco
  2. Agora ou Jamais
  3. Não Desista
  4. Só Eu e Mais Ninguém
  5. Miragens
  6. Maria Alice
  7. Nessa Espera
  8. Estrela do Mar
  9. Arrastão (Ao Teu Lado)
  10. Melhor Parar

Ficha técnica do álbum[editar | editar código-fonte]

Vinícius Cantuária Voz, Violões, Percussão
Claudio Zoli Voz, Guitarras, Violão
Ritchie Voz, Computer, Flauta
Dadi Carvalho Voz, Baixos, Guitarras, Violões
Mú Carvalho Teclados, Vocal
Billy Forghieri Teclados, Computer
Marcelo Costa Bateria, Percussão
Milton Guedes Sax, Gaita
Mingo Percussão
Mayrton Bahia Produtor
Tigres de Bengala Arranjos
Eduardo Costa, Geraldo Tavares Técnicos de Gravação
Jorge "Gordo" Guimarães, Marcos Saboia Técnicos de Mixagem
Mauricio Valladares Fotos
Ricardo Leite, Karyn Mathuiy Projeto Gráfico


Referências

  1. «Olho no Olho». Wikipédia, a enciclopédia livre. 3 de março de 2018. Consultado em 9 de março de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.