Milton Guedes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Milton Guedes
Milton Guedes durante show em Brasília, 2013;
Informação geral
Nome completo Milton Carlos Muniz Guedes
Nascimento 4 de junho de 1963 (53 anos)
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) B-Rock
Pop
MPB
Funk
Instrumento(s) Saxofone,Flauta e Harmonica
Página oficial http://www.miltonguedes.com.br

Milton Guedes, (Brasília, 4 de junho de 1963) é um cantor e compositor multi-instrumentista brasileiro. Formou sua primeira banda, "Pôr do Sol", aos 18 anos, e tem colaborado com grupos de diferentes estilos musicais. Também compôs varias trilhas sonoras para novelas brasileiras.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antes de se tornar cantor, o compositor adorava andar de skate nas quadras de Brasília e chegou até a ganhar em alguns campeonatos.[2]

Entrou no grupo coral Mirim do Sesi, onde aprendeu a tocar flauta doce. Sobre a viola e a armonica, diferentemente, ele aprendeu a tocar sozinho mas o saxofone foi-lhe ensinado por um vizinho. Com 18 anos se juntou com o seu irmão, Marco Guedes, e outros três amigos ara formar a banda “Pôr do Sol”. Pouco tempo depois, a banda sé desfez.[3]

Milton passou a tocar em barzinhos de Brasília e em 1986, Oswaldo Montenegro o viu tocando sax e no final do show foi falar com ele.Uma semana depois, os dois desembarcaram em Rio para ensaiar a peça “Os Menestréis”. Além dessa, Milton participou também em “Aldeia dos Ventos” e “Dança dos Signos".[4]

Além de multi-instrumentista, Milton é considerado um dos melhores assoviadores do Brasil. No disco "Os Menestréis" ficou famoso o seu assovio na música "Engarrafamento (Taxímetro)", e com frequência ele é chamado para gravar assovios em trilhas sonoras para a Rede Globo e outros.[3]

Em 1988 conheceu Lulu Santos que o convidou para ingressar em sua banda. Milton entrou na banda de Lulu Santos e acompanhou o Lulu em seus shows por quase dez anos. Tocaram juntos até no Festival de Montreaux, na Suíça.[2]

Em 1997 Milton saiu da banda de Lulu Santos para se dedicar a sua carreira solo e o seu segundo CD, com o qual emplacou nas rádios de todo o país com a música “Sonho de Uma Noite de Verão”.[2]

Em 2002 ingressou na banda da dupla Sandy & Junior.[4] Em 2004, paralelo ao trabalho que faz com Sandy & Junior e com o Claudio Zoli, Milton também participou na gravação do primeiro DVD do grupo carioca Roupa Nova, o RoupAcústico. No mesmo ano, ele cantou uma música no filme da Disney "Aconteceu de Novo no Natal do Mickey". Também estreou com a banda SoulFunk, na qual é o vocalista. A banda encerrou suas atividades em 2007, pois a maioria de seus músicos também faz parte da banda de Sandy & Junior.[2]

Concerto em Na Mata Café con Soul Funk

Em 2006 ainda continuou a tocar com a banda Roupa Nova em seu segundo DVD, o RoupAcústico 2, DVD que ganhou disco de ouro. Nesse DVD, ele tocou acompanhado de Daniel Musy, atual saxofonista da banda.[5]

Em 2007 lança o CD "Certas Coisas". O repertório revela as influências do artista em releituras cuidadosas de grandes sucessos nacionais e internacionais. Destaca-se a versão de Roxanne, sucesso do grupo The Police, em que o solo é feito pelo impressionante assovio de Milton. Este mesmo assovio é acompanhado pelo excepcional bandolinista Hamilton de Holanda na versão de "O Diamante Cor de Rosa" de Roberto e Erasmo Carlos. Junior Lima participa de duas faixas tocando bateria, Rise e Maria Fumaça, esta, uma homenagem à banda Black Rio prestada pela banda SoulFunk, da qual Milton e Junior fazem parte.[4]

Em 2010 Milton Guedes emplacou mais um sucesso ao regravar a música Você vai lembrar de mim, da Banda gaúcha Nenhum de Nós, fazendo parte da trilha sonora da novela Ti Ti Ti, da Rede Globo.[6]

É casado com a cantora Adriana Maciel.[7]

Parceiros[editar | editar código-fonte]

Em 2009, Milton Guedes foi convidado pelo produtor Everton Bottoni para produzir a música oficial do Dia Canção Fazer a Diferença, da Rede Record em parceria com o Instituto Ressoar. Grandes nomes da música popular brasileira fizeram a diferença no seu trabalho e o infuenciaron, como Elza Soares, Jair Rodrigues, Negra Li, Leci Brandão, Pepeu Gomes, Amanda Acosta, Fat Family, Rodrigo Faro, Wanessa Camargo, Paula Lima, Luciana Mello, Pedro & Thiago, Leo Maia, Sergio Reis, Dudu Braga e Wilson Simoninha.[4]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Músicas em novelas da Globo[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Milton Guedes». IMDb. Consultado em 3 de janeiro de 2017 
  2. a b c d «Multi-instrumentista Milton Guedes se apresenta em Brasília». radios.ebc.com.br. Consultado em 3 de janeiro de 2017 
  3. a b «Milton Guedes | Hering Harmônicas». www.heringharmonicas.com.br. Consultado em 3 de janeiro de 2017 
  4. a b c d «MILTON GUEDES». Clube do Choro de brasília. Consultado em 3 de janeiro de 2017 
  5. Braziliense, Correio. «Milton Guedes mostra trabalho solo no qual canta e toca diversos instrumentos». Correio Braziliense 
  6. «"Você vai lembrar de mim" é o tema de Renato em Ti-ti-ti - Ti-ti-ti». Ti-ti-ti 
  7. «Adriana Maciel». www.cantorasdobrasil.com.br. Consultado em 7 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Milton Guedes