Paula Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paula Lima
Paulalima.JPG
Show Samba Chic no SESC Taubaté
Informação geral
Nascimento 10 de outubro de 1970 (45 anos)
Origem São Paulo, São Paulo
País Flag of Brazil.svg Brasil
Gênero(s) Samba, soul, funk, samba rock, samba funk, MPB
Ocupação(ões) cantora, compositora
Instrumento(s) voz
Período em atividade 1992 - presente
Outras ocupações apresentadora, atriz
Afiliação(ões) Funk Como Le Gusta, Thaíde & DJ Hum, Grêmio Recreativo Amigos do Samba, Rock, Funk & Soul, Ed Motta, Seu Jorge, Unidade Bop, Max de Castro, Zomba[1]
Influência(s) Elza Soares, Ella Fitzgerald, Cassiano, Jorge Ben Jor, Chaka Khan[2], Michael Jackson, Amy Winehouse[3]
Página oficial PaulaLima.com.br

Paula Lima (São Paulo, 10 de outubro de 1970) é uma cantora e compositora brasileira de MPB e funk.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Segundo a mãe de Paula, ela acordava cantando no berço quando tinha apenas três anos de idade. Ela teve aulas de piano dos sete aos dezessete anos quando se formou pianista. Paula Lima também participava de festivais de canto na escola.

Paula formou-se em Direito no Mackenzie com a intenção de se tornar promotora. Após esse período, cursou também um ano de publicidade na FAAP.

No dia 31 de março de 2005, Paula Lima se casou com Ronaldo Bomfim. O casamento aconteceu na Igreja Santa Teresinha, em Higienópolis, na cidade de São Paulo. Segundo a cantora, a decisão de casar partiu dela, inclusive, a organização da cerimonia que contou com 700 convidados foi feita em apenas 3 meses. A cerimônia contou com personalidades como o seu amigo Seu Jorge.[4] A relação de Paula Lima e seu grande maior vai além do amor, os dois possuem uma empresa juntos, uma lavanderia que foi aberta no ano de 2013.

Em entrevista à revista Contigo!, em janeiro de 2016, Paula Lima revelou que pretende ter um filho ainda nesse ano. Além disso, Paula mostrou que é feliz com seus cachos, com seu corpo e que sabe se valorizar. [5]

Paula Lima sabe o que quer e como quer. Transmite sem medo nem pudor o respeito e o grande prazer em fazer música, e estar a serviço dela; a felicidade em estar no palco, e sua opção por cantar e respirar música. [6]

Carreira [6][7][editar | editar código-fonte]

Anos 90: Primeiros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Em 1992, no terceiro ano de faculdade, Paula participou da primeira banda, a Unidade Móvel, liderada por Eugênio Lima e Will Robson, que mais tarde gerou a Unidade Bop [2], com Paulo Checolli. Com a banda, lançou o CD Quebrando o Gelo do Clube pela gravadora Eldorado[1].

Em 1995, foi convidada por Skowa, a integrar o Grêmio Recreativo Amigos do Samba, Rock, Funk & Soul e, com a banda, participou do CD 23 de Jorge Ben Jor, nas faixas "Princesa" e "Engenho de Dentro". gravou com a dupla de Hip Hop Thaíde & DJ Hum a música Sr° Tempo Bom", no CD "Preste Atenção"[1]. Em 1997, fez parte da banda Zomba.

Entre 1998 e 2000, fez parte da Banda Funk Como Le Gusta participando do CD Roda de Funk. Foi convidada em 2000 por Bernardo Vilhena, diretor artístico da Regata Música, a gravar um CD solo intitulado "É Isso Aí" com Seu Jorge, que cede três músicas inéditas. O disco ainda conta com as participações de Gerson King Combo, Banda Black Rio, Ed Motta, Max de Castro, Ivo Meirelles, Funk'n'Lata e Xis.

Primeiros passos da carreira solo: É isso aí e CD homônimo[editar | editar código-fonte]

Em 2001, Paula Lima deu o pontapé inicial da sua carreira solo. Foi nesse ano que ela lançou o seu primeiro CD solo. Intitulado É Isso Aí,[8] ela ganhou muitos fãs fora do país, pois o CD foi lançado na Europa e no Japão. Devido ao sucesso do álbum, Paula recebeu a indicação como “Cantora Revelação do Ano” pelo Prêmio Multishow.

Em 2003, Paula lançou seu segundo CD solo, no qual levou o seu próprio nome.[9] Ainda no mesmo ano, a cantora marcou presença como uma das convidadas do projeto "Um barzinho e um violão",[10] onde interpretou o hit “Só tinha de ser com você”, com mais de 1 milhão de acessos no YouTube.

2006 - 2009: Consolidação e primeiro projeto ao vivo[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Paula Lima foi capa da Revista Latina, conhecida no mundo inteiro, devido ao sucesso do seu terceiro CD solo intitulado Sinceramente. [11]

No dia 19 de agosto de 2008, estreou como jurada no reality show Ídolos, na Rede Record, de onde saiu no ano de 2011, para dar lugar à cantora Luiza Possi.

Em 2009, foi lançado a primeira produção ao vivo de sua carreira, o CD/DVD SambaChic. Essa produção, que foi gravada na Casa das Caldeiras, contou com a participação de Seu JorgeDona Ivone Lara e Toni Garrido. [12]

2010 - 2013: Projetos na TV, na rádio, musical Cats e CD Outro Esquema[editar | editar código-fonte]

Em 2010, Paula conciliou o reality show Ídolos com o musical Cats[13], onde interpretou no Teatro Abril, em SP e no Vivo Rio, RJ, a protagonista Grizabella. Elogiado pelo público e pela crítica, o espetáculo se estendeu até o ano de 2011. Ainda em 2011, Paula Lima lançou seu quinto CD, o álbum “Outro Esquema – Inéditas, Remixes e Afins”. [14]

Entre 2011 e 2012, Paula Lima integrou o espetáculo “Samba e Suor Brasileiro”, da Studio3 Cia. de Dança, dirigido por José Possi Neto, com apresentações pelo Brasil e em Paris, na França. Além disso, participou do show “Mulheres do Brasil cantam Chico Buarque”, com elenco composto por Daniela MercuryMargareth Menezes e Elba Ramalho.[6]

Em 2013, integrou o corpo de comentaristas do Carnaval de São Paulo Globeleza transmitido pela Rede Globo, onde permaneceu até 2015. Em julho de 2013, passou a integrar o corpo de jurados do "Mulheres que brilham" no Programa Raul Gil, do SBT. [6]

2014 - Atualmente: O Samba é do bem e retorno ao suingue “black”[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Paula lançou o seu primeiro CD dedicado totalmente ao samba. Intitulado O Samba é do Bem, Paula conquistou grande êxito ao se apresentar na Guiana Francesa e, mais uma vez, no Japão.[15] Esse primeiro projeto dedicado totalmente ao samba rendeu a primeira indicação da cantora ao Grammy Latino.

Em novembro de 2015, Paula Lima lançou seu mais novo hit, a música Fiu Fiu. Composta por Pretinho da Serrinha, Gabriel Moura e Leandro Fab, a canção faz Paula retornar às origens do suingue "black" e estará no seu próximo EP, intitulado Samba Soul.[16] O segundo single desse projeto foi lançado em junho de 2016 e se chama "Mil Estrelas." Essa canção foi composta por Ivo Mozart e produzida por Alexandre Kassin no Rio de Janeiro.

No dia 19 de julho de 2016, a cantora retornou ao rádio com o seu aclamado programa, o "Chocolate Quente." Veiculado na Eldorado FM, o programa recebeu o prêmio de Melhor Programa Musical de Rádio em 2013.

Influências[editar | editar código-fonte]

As maiores influências de Paula são Quincy Jones (tanto na carreira de cantor quanto na de produtor de Michael Jackson), Ella Fitzgerald, Elza Soares, Ed Motta, Gilberto Gil, Jorge Ben Jor, Gerson King Combo, entre outros.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com o Unidade Bop[editar | editar código-fonte]

Com o Zomba[editar | editar código-fonte]

Com o Funk Como Le Gusta[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

- Discos em estúdio[editar | editar código-fonte]

- Discos ao vivo[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

Como Convidada[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 2001 - É Isso Aí
  • 2001 - Eu Quero Ver Você No Baile
  • 2003 - Gafieira S/A
  • 2003 - Foi Para O Seu Bem
  • 2003 - Serenata do Luar (Moonlight Serenade)
  • 2006 - Novos Alvos[24]
  • 2006 - Cuidar de Mim[24]
  • 2006 - Eu Já Notei
  • 2009 - Vou Deixar
  • 2010 - Ela é a Tal
  • 2012 - Sai da Geladeira
  • 2013 - Aliança das Marés (Part. Péricles)
  • 2013 - O Samba é do Bem
  • 2014 - Trilha Sem Fim
  • 2015 - Seja Homem
  • 2015 - Love Affair
  • 2015 - Fiu Fiu [16]
  • 2016 - Mil Estrelas [25]

Turnês[editar | editar código-fonte]

  • Turnê Sinceramente (2006-2008) [26]
  • Turnê Samba Chic (2009-2011) [27]
  • Turnê Outro Esquema (2011-2013) [28]
  • Turnê O Samba é do Bem (2013-2015) [29]
  • Show Fiu Fiu (2015-presente) [30]

Trilhas Sonoras [6][7][editar | editar código-fonte]

Ano Música Título Observação
2001 Margem da Pele Amores Possíveis (Filme) Filme de Paulo Halm
2003 Moonlight Serenade Mulheres Apaixonadas (Globo) Novela da Rede Globo
2003 Pacto com Baco Sexo, Amor e Traição Filme de Renê Belmonte e Emanuel Jacobina
2004 O Olhar do Amor Seus Olhos (SBT) Novela do SBT
2010 Ela é a Tal Ribeirão do Tempo (Record) Novela da Rede Record
2016 Fiu Fiu Malhação (Globo) Novela da Rede Globo

Prêmios e Indicações[6][7][editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Nomeação Categoria Resultado
2001 Prêmio Multishow de Música Brasileira Paula Lima Cantora Revelação do Ano Indicação
2007 Prêmio TIM de Música Sinceramente Melhor CD Indicação
Paula Lima Melhor Cantora de MPB Indicação
Troféu Raça Negra Paula Lima Melhor Cantora Venceu
2013 Prêmio APCA Chocolate Quente Melhor Programa Musical de Rádio Venceu
2014 Grammy Latino O Samba é do Bem Melhor Álbum de Samba/Pagode Indicação

Referências

  1. a b c d e f Silvio Essinger (12/04/2001). «Paula Lima: o funk-samba-soul brasileiro em superprodução». CliqueMusic. 
  2. a b «O renascer da black music». Revista Época Edição 174. 17/09/2001. 
  3. Fabian Chacur (16/06/2010). «Michael Jackson foi um dos artistas mais completos que já existiram na história da música, diz Paula Lima». R7. 
  4. «Paula Lima relembra dia de seu casamento». GloboPlay. Consultado em 2016-02-28. 
  5. «Revista Contigo! - "Eu amo meu cabelo, minhas curvas e sei me valorizar"». Contigo!. 2016-01-28. Consultado em 2016-02-28. 
  6. a b c d e f «Paula Lima | Sunshine Entertainment». www.sunshine.art.br. Consultado em 2016-02-24. 
  7. a b c «Paula Lima». www.paulalima.com.br. Consultado em 2016-02-24. 
  8. «ISTOÉ Gente Online». www.terra.com.br. Consultado em 2016-02-24. 
  9. «Folha Online - Ilustrada - Paula Lima lança segundo CD da carreira em São Paulo - 09/06/2003». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 2016-02-24. 
  10. «Ficha técnica completa - Um Barzinho, Um Violão 2 - 2015 | Filmow». filmow.com. Consultado em 2016-02-24. 
  11. «Quem». revistaquem.globo.com. Consultado em 2016-02-25. 
  12. a b c «Samba Chic - DVD». www.saraiva.com.br. Consultado em 2016-02-25. 
  13. «'Cats' ganha adaptação brasileira com cantora Paula Lima». Portal Terra. 25 de fevereiro de 2010. 
  14. «Paula Lima apresenta novo disco "Outro Esquema"; veja show». Terra. Consultado em 2016-02-25. 
  15. «Cantora Paula Lima lança novo disco dedicado ao samba». radio.estadao.com.br. Consultado em 2016-02-25. 
  16. a b «Paula Lima lança o single "Fiu Fiu" em São Paulo». Batucada Comunicação. Consultado em 2016-02-25. 
  17. «Paula Lima». CliqueMusic. 
  18. http://www.mrbongo.com/products/diva-paulista
  19. a b c d «Tiragens da cantora Paula Lima». 
  20. «Notas Musicais: Paula Lima prepara 'Samba soul', EP digital que tem quatro músicas inéditas». www.blognotasmusicais.com.br. Consultado em 2016-02-25. 
  21. Revista Trip Vol. 14,Nº 91 Trip Editora e Propaganda SA [S.l.] 2001, ISSN 1414-350X. 
  22. «Diego Moraes, vice-campeão de Ídolos, lança CD e DVD». A Tarde. 22/06/2010 às 12:15. 
  23. «Bastidores das Gravações - Paula Lima e Leci Brandão - Sambabook Martinho da Vila». Sambabook Martinho da Vila. Consultado em 2016-02-25. 
  24. a b «Paula Lima lança o CD Cuidar de mim». Paraná Online. Consultado em 2016-02-25. 
  25. «Paula Lima é atração do Trajeto Lumen Ao Vivo de Junho - Lumen FM 99.5». www.lumenfm.com.br. Consultado em 2016-06-16. 
  26. «Paula Lima abre turnê em SP | Ofuxico». www.ofuxico.com.br. Consultado em 2016-02-25. 
  27. «Território Eldorado :: Música :: Paula Lima encerra turnê de 'Samba-Chic' no MPB Café; ouça show!». www.territorioeldorado.limao.com.br. Consultado em 2016-02-25. 
  28. «Paula Lima apresenta novo disco "Outro Esquema"; veja show». Terra. Consultado em 2016-02-25. 
  29. «Paula Lima apresenta turnê ‘O Samba é do Bem’ na Capital - Notícia - Dia-a-Dia Revista». www.revistadiaadia.com.br. Consultado em 2016-02-25. 
  30. «Sesc Pinheiros recebe Paula Lima para o Lançamento do EP “Samba Soul”». Site Obras de Arte. Consultado em 2016-02-25. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Paula Lima
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.