Time Won't Let Me

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Time Won't Let Me"
Single de The Outsiders
Lado B "Was It Really Real" (Tom King, Chet Kelley)[1]
Lançamento 17 de Janeiro de 1966[1]
Formato(s) Vinil 7"
Gênero(s) Rock and roll
Duração 02:45[2]
Gravadora(s) Capitol[1]
Composição Tom King, Chet Kelley[1]
Produção Tom King[2]
Cronologia de singles de The Outsiders
"Girl In Love"[3]

"Time Won't Let Me" é uma canção de rock and roll da banda de garagem de Cleveland, Ohio, The Outsiders,[4] lançada em single 7" (45 rpm) em 17 de janeiro de 1966[1] e que se tornou sucesso nos Estados Unidos, atingindo a posição #5 da Billboard Hot 100 em 16 de abril do mesmo ano.[5] O grupo The Outsiders obteve mais três outros hits na ocasião: "Girl In Love", em julho, "Respectable", em setembro, e "Help Me Girl", em dezembro, nenhuma delas com tanto êxito quanto sua estreia.[3][6][5] "Time Won't Let Me" foi composta pelo guitarrista da banda, Tom King, juntamente com Chet Kelley, e gravada por conta própria, obtendo eles, depois, um contrato com a Capitol.[1][6]

História[editar | editar código-fonte]

Os Outsiders tinham uma vantagem sobre inúmeras bandas estadunidenses que se formaram na esteira da invasão britânica e que tinham sido ativas na cena de Cleveland, Ohio, durante anos; começando em 1958 como um conjunto de R&B chamado Tom King and the Starfires,[4] foram reunidos naquele ano pelo guitarrista e saxofonista Tom King, que na época tinha apenas quinze anos. No início de 1965, a banda consistia de King na guitarra base, Bill Bruno na guitarra solo, Mert Madsen no baixo e Jim Fox na bateria. Mais tarde, naquele ano, Fox partiu para a faculdade e foi substituído por Ronnie Harkai, que iria tocar a bateria em "Time Won't Let Me". Além disso, em 1965 eles trouxeram o cantor Sonny Geraci.[7] O grupo estava sob contrato da Pama Records, que era de posse do tio de King e que no final de 1965 gravou "Time Won't Let Me" para o rótulo. A canção é uma melodia simples, cativante e dançante. A seu arranjo básico foi acrescentada uma seção de metais, mas foi aplicada de forma discreta para não prejudicar o som fundamental da banda, que nesta ocasião contou com um riff feito por uma guitarra elétrica de doze cordas. Suficientemente impressionada, ao ouvi-la, a Capitol Records assina com eles. Pouco tempo depois, King muda o nome da banda, de Starfires para Outsiders, possivelmente a pedido do novo selo. Uma das razões da mudança de nome foi que King e Kelley haviam se tornado "outsiders" no seio familiar como o resultado da mudança de gravadora.[8][9][10]

Single, EP e álbum[editar | editar código-fonte]

Gravada no estúdio Cleveland Recording, no outono de 1965,[6] "Time Won't Let Me" foi lançada como single 7" (45 rpm) pela Capitol em 17 de janeiro de 1966 e continha "Was It Really Real" no Lado B. Tom King produziu o disco e, com Tommy Baker, foi fundamental para os arranjos de metais.[1][2] A canção se tornou hit em todo o país, indo parar na posição #5 da Billboard Hot 100 na data de 16 de abril e ficando nas paradas nacionais por 15 semanas.[5] Vendeu mais de um milhão de cópias.[4] Desde então, a música é ouvida em filmes, comerciais de TV e programas de rádio.[11]

Em 1966 os Outsiders gravaram seu primeiro álbum para a Capitol, Time Won't Let Me, também produzido por King. Ele continha cinco canções originais escritas por King e Kelley.[12] Outro lançamento, no México e Estados Unidos, é um EP 7" contendo "Time Won't Let Me", "Listen People", "Girl In Love" e "Rockin' Robin".[13] O baterista Ronnie Harkai partiu, logo após a gravação de "Time Won't Let Me, para se juntar à Força Aérea, e o grupo não mais repetiu o seu sucesso inicial.[8][9]

No mesmo ano em que sai nos EUA, a canção é lançada em single 7" no Brasil, com seu título traduzido entre parênteses: "Time Won't Let Me (O Tempo Não Me Deixará)".[14] A música, depois, integra o box set Nuggets (Original Artyfacts From The First Psychedelic Era 1965-1968) (1998)[15] e a compilação em CD Nuggets From Nuggets: Choice Artyfacts From The First Psychedelic Era (2000).[16]

"Time Won't Let Me", The Outsiders (músicos)[editar | editar código-fonte]

Sonny Geraci - vocais
Tom King - guitarra, vocal de apoio
Bill Bruno - guitarra
Mert Madsen - baixo
Ronnie Harkai - bateria[9]

Versões cover[editar | editar código-fonte]

Ainda em 1966 a banda The T-Bones acrescenta uma versão de "Time Won't Let Me" em seu álbum Sippin' 'N Chippin'.[17] Na década de 1980, o cantor de protopunk Iggy Pop acrescenta uma cover desta canção no encerramento de seu disco Party, lançado pela Arista em 1981,[18] e a banda de power pop The Plimsouls a coloca no álbum ao vivo, lançado na França em 1989[19] e nos EUA em 2005,[20] One Night In America. Outra banda que apresenta sua versão é The Smithereens, que a acrescenta em sua compilação de 1995, Blown to Smithereens: best of the Smithereens.[21]

No ano de 1967 a banda brasileira Os Canibais fez uma versão em português desta canção, com o título de "Garota Teimosa", e a incluiu em seu LP de estreia.[22]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • The Outsiders - 7" single, A: "Time Won't Let Me" / B: "Was It Really Real" (1966) - Capitol (5573)[1][2]
  • The Outsiders - 7" EP, A: "Time Won't Let Me", "Listen People" / B: "Girl In Love", "Rockin' Robin" (1966, EUA / 1967, México) - Capitol (EAP4-2501)[13]
  • The Outsiders - LP: Time Won't Let Me (1966) - Capitol (T 2501)[12]
  • The Outsiders - box set: Nuggets (Original Artyfacts From The First Psychedelic Era 1965-1968) (1998) - Rhino Records (R2 75466)[15]
  • The Outsiders - CD: Nuggets From Nuggets: Choice Artyfacts From The First Psychedelic Era (2000) - Rhino Records (R2 76661, mono)[16]

Referências

  1. a b c d e f g h «"Time Won't Let Me", The Outsiders single» (em inglês). 45cat. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  2. a b c d «"Time Won't Let Me", The Outsiders single» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  3. a b «The Outsiders, singles» (em inglês). 45cat. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  4. a b c «The Outsiders» (em inglês). Classic Bands. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  5. a b c «The Outsiders, "Time Won't Let Me" - Chart History» (em inglês). Billboard. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  6. a b c «"Time Won't Let Me" by The Outsiders» (em inglês). Songfacts. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  7. «Sonny Geraci» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  8. a b «The Outsiders, biography» (em inglês). Billboard. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  9. a b c Eder, Bruce. «The Outsiders, artist biography by Bruce Eder» (em inglês). Allmusic. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  10. Stax, Mike. Nuggets: Original Artyfacts from the First Psychedelic Era 1965–1968: CD, encarte, página 52. Visitado em 22 de janeiro de 2016
  11. Horning, Susan Schmidt. «Chasing Sound - Technology, Culture, and the Art of Studio Recording from Edison to the LP» (em inglês). Google (Google Books). 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  12. a b «The Outsiders - Time Won't Let Me» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  13. a b «"Time Won't Let Me", The Outsiders EP» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  14. «"Time Won't Let Me", The Outsiders single (Brazil) - selo» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  15. a b «Vários - Nuggets (Original Artyfacts From The First Psychedelic Era 1965-1968) - box set» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  16. a b «Vários - Nuggets From Nuggets: Choice Artyfacts From The First Psychedelic Era - CD» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  17. a b «The T-Bones - Sippin' 'N Chippin'» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 27 de janeiro de 2016 
  18. a b «Iggy Pop - Party» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  19. a b «The Plimsouls - One Night In America» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  20. a b «The Plimsouls - One Night In America - Live!» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  21. a b «The Smithereens - Blown to Smithereens: best of the Smithereens» (em inglês). Discogs. 1 páginas. Consultado em 27 de janeiro de 2016 
  22. «Os Canibais». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. 1 páginas. Consultado em 28 de janeiro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.