Tratado de Constantinopla (1479)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Text document with red question mark.svg
Este artigo contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde junho de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.

O Tratado de Constantinopla foi um tratado assinado em 25 de janeiro de 1479 que terminou oficialmente a guerra que durava há 15 anos entre a República de Veneza e o Império Otomano . O acordo foi estabelecido como resultado dos otomanos terem alcançado os arredores de Veneza. Nos termos do tratado, os venezianos foram autorizados a manter Ulcinj , Antivan e Durrës. No entanto, cederam Escodra e outros territórios na Dalmácia litoral, bem como o controle das ilhas de gregas de Negroponte (Eubeia) e Lemnos . Além disso, os venezianos ficaram obrigados a pagar um tributo de cerca de 10 mil ducados por ano para terem privilégios comerciais no Mar Negro. Como resultado deste tratado, Veneza viu a sua posição enfraquecida no Levante.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • A Enciclopédia da História do Mundo (2001) - Veneza (em inglês)A grande guerra contra os turcos (ver 1463-1479). Negroponte foi perdida (1470). Os turcos mantiveram a vantagem e em diversas ocasiões fizeram alcançaram a periferia de Veneza. No Tratado de Constantinopla (1479), os venezianos desistiram de Scutari e outras estações albanês, bem como de Negroponte e Lemnos. Desde então os venezianos pagaram um tributo anual para poderem comerciar no Mar Negro.
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Treaty of Constantinople (1479)», especificamente desta versão.


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.