Lista de tratados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta é uma lista de tratados organizada em ordem alfabética pelo local de celebração (e.g., "Protocolo de Quioto" estará na letra Q). Os tratados cujo nome não inclui o local de celebração (e.g., "Tratado de União de 1717") estão organizados segundo o seu nome completo ou sigla, se esta for mais conhecida (e.g., "Acordo de TRIPs").

Índice: 0-9 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
O Tratado de Kadesh, um dos primeiros exemplos registrados de um tratado internacional, foi celebrado no século XIII a.C. entre Ramsés II do Egito e Hatusil III, rei dos hititas. Exemplar do Museu de Arqueologia de Istambul, Turquia.
Paz de Augsburgo. A primeira página do documento. Mainz, 1555.
As primeiras duas páginas do Tratado de Brest-Litovsk, escrito em alemão, húngaro, búlgaro, turco otomano e russo
Página de capa do New York Times no Dia do Armistício, 11 de novembro de 1918.
Cerimônia de assinatura: Molotov está assinando, Ribbentrop está atrás (com os olhos fechados), com Stalin à sua esquerda.
O Secretário Geral da União Soviética, Mikhail Gorbachev, e o presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, assinam o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário na Casa Branca, pelo qual as então duas superpotências renunciavam aos foguetes lançados da terra de alcance médio ou intermediário, de 500 a 5.500 quilômetros, em 1987.
Foto da Primeira Convenção de Genebra, sobre a proteção dos prisioneiros de guerra (1864).
Carta que estabeleceu a União de Kalmar, a qual unificou os três reinos da Dinamarca, Noruega e Suécia, em 1397.
Um exemplo de tratado bilateral, o Tratado de Tordesilhas, celebrado entre Portugal e Espanha, dividiu o mundo entre os dois signatários (foto de uma das páginas do original do tratado).
Lloyd George, Vittorio Emanuele Orlando, Georges Clemenceau e Woodrow Wilson, numa pausa das negociações durante a Conferência de Paz de Paris (1919-1920), que resultou, dentre outros, no Tratado de Versalhes.
O Presidente Jimmy Carter, dos Estados Unidos, e o Secretário-Geral Leonid Brezhnev, da URSS, firmam o SALT-II (Acordo sobre Redução de Armas Estratégicas), em 18 de junho de 1979, em Viena.
Senado brasileiro aprova tratados em 12 de julho de 2006. Foto: Agência Senado.
Ratificação do Tratado de Münster (1648), um dos componentes da Paz de Vestfália, que inaugurou o moderno sistema internacional, ao acatar princípios como a soberania estatal e o Estado-nação. Quadro de Gerard Terborch.
Ilustração do Tratado de Greenville, o qual pôs fim à guerra entre as tropas do governo do presidente George Washington e os nativos americanos nos Estados Unidos, em 1795.
Segunda página do Tratado de Riga encerrando a Guerra polaco-bolchevique de 1919-1920.
Primeira página do Tratado das Alcáçovas-Toledo, Sevilha, 14 de março de 1480.

A[editar | editar código-fonte]


B[editar | editar código-fonte]


C[editar | editar código-fonte]


D[editar | editar código-fonte]

E[editar | editar código-fonte]


F[editar | editar código-fonte]


G[editar | editar código-fonte]


H[editar | editar código-fonte]


I[editar | editar código-fonte]


J, K[editar | editar código-fonte]


L[editar | editar código-fonte]


M[editar | editar código-fonte]


N[editar | editar código-fonte]


O[editar | editar código-fonte]


P[editar | editar código-fonte]


Q[editar | editar código-fonte]


R[editar | editar código-fonte]


S[editar | editar código-fonte]


T[editar | editar código-fonte]

Tratado de Almada- Monte Caparica


U[editar | editar código-fonte]


V[editar | editar código-fonte]


W[editar | editar código-fonte]


Z[editar | editar código-fonte]