Usina Hidrelétrica de Cachoeira Dourada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Usina Hidrelétrica de Cachoeira Dourada é uma usina hidrelétrica localizada no curso médio do Rio Paranaíba, na divisa entre os estados de Minas Gerais e Goiás. Foi construída na década de 1950, para gerar a energia necessária à construção de Brasília.

O projeto foi implementado pela estatal goiana Celg na década de 50. Já nos anos 90 a hidrelétrica foi privatizada, sendo adquirida pela espanhola Endesa. Já em 2016, a estatal italiana Enel Green Power assumiu o controle da usina.

Sua potência instalada é de 658 MW, e o desnível máximo de 30,7 m[1] [2].

O lago formado pela sua barragem banha os municípios de são Cachoeira Dourada e Itumbiara, em Goiás, e Cachoeira Dourada, Araporã, Capinópolis, Canápolis e Centralina, em Minas Gerais[3] e inunda uma área máxima de 100 km2[4].

É considerada uma usina hidrelétrica a fio d'água[2].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Resumo do empreendimento Cachoeira Dourada. Agência Nacional de Energia Elétrica
  2. a b SILVA FILHO, Donato. Dimensionamento de Usinas Elétricas Através de Técnicas de Otimização Evolutiva. Tese de doutorado em engenharia elétrica na Universidade de São Paulo (Campus de São Carlos). Dezembro de 2003.
  3. Informe anual de meio ambiente 2003. Cachoeira Dourada S.A.
  4. Observatório sócio ambiental de barragens, acesso em 21 de junho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.