Viver e Morrer em Los Angeles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
To Live and Die in L.A.
Viver e Morrer em Los Angeles (PRT/BRA)
 Estados Unidos
1985 •  cor •  116 min 
Direção William Friedkin
Roteiro William Friedkin
Gerald Petievich
Elenco William Petersen
Willem Dafoe
John Pankow
Debra Feuer
John Turturro
Robert Downey, Sr.
Género ação
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

To Live and Die in L.A. (br/pt: Viver e Morrer em Los Angeles) é um filme americano de 1985, do gênero ação, dirigido por William Friedkin.

Gerald Petievich, autor do romance que deu origem ao filme, divide os créditos do roteiro com o William Friedkin. Michael Mann processou William Friedkin por plágio, acusando-o de ter roubado o conceito de sua série para televisão Miami Vice, mas acabou perdendo o processo.

As cenas de prisão foram filmadas na penitenciária de San Luis Obispo (California) e prisioneiros reais foram utilizados como figurantes.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O agente federal Richard Chance jurou eliminar um falsificador assassino por todos os meios ao seu alcance. Ele está farto de jogar pelas regras, por isso chantageia uma linda mulher em liberdade condicional, desobedece as ordens dos superiores e dirige em alta velocidade, no sentido contrário, em uma auto-estrada repleta de carros.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia tem o


Ligações externas[editar | editar código-fonte]