Vivre sa vie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Vivre sa vie
Viver a Sua Vida[1] (PT)
Viver a Vida[2] (BR)
 França
1962 •  P&B •  83 min 
Direção Jean-Luc Godard
Roteiro Marcel Sacotte
Jean-Luc Godard
Elenco Anna Karina
Sady Rebbot
André S. Labarthe
Guylaine Schlumberger
Gérard Hoffman
Monique Messine
Paul Pavel
Dimitri Dineff
Peter Kassovitz
Eric Schlumberger
Brice Parain
Henri Attal
Gilles Quéant
Odile Geoffroy
Marcel Charton
Género drama
Idioma francês
Página no IMDb (em inglês)

Vivre sa Vie (br: Viver a Vida/ pt: Viver a Sua Vida) é um filme de 1962, do gênero drama, dirigido por Jean-Luc Godard.

Representante da Nouvelle Vague, Vivre sa vie, diferente dos outros filmes de Godard, contém um tom mais realista e sem muitos dos diálogos icônicos do diretor.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Contado em 12 capítulos com pouca ligação, o filme conta a trágica história de Nana (Anna Karina), jovem que abandona marido e filho para tentar a carreira de atriz. Para financiar sua nova vida, começa a trabalhar numa loja de discos, mas o que ganha é insuficiente para pagar o aluguel, e ela é despejada do apartamento. Sem opção, torna-se prostituta.

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme francês é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.