WWE Raw Women's Championship

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o título ativo entre 1956 e 2010, veja WWE Women's Championship (1956–2010).
WWE Raw Women's Championship
WWE Women's Championship.JPG
Atual versão do título.
Detalhes
Atual campeã Alexa Bliss
Conquista 29 de agosto de 2017
Promoção WWE
Programa Raw
Criação 3 de abril de 2016
Outros nomes
  • WWE Women's Championship

O WWE Women's Championship (em português: Campeonato das Mulheres do Raw da WWE)[1] é um título feminino de luta livre profissional disputado na WWE. Foi introduzido em 3 de abril de 2016 durante o WrestleMania 32, substituindo o Divas Championship, que tinha sido introduzido em 2008 como parte da divisão de marcas da WWE para complementar o Women's Championship original, antes desses dois títulos serem unificados em 2010. Este novo campeonato tem uma linhagem separada da versão original.

As campeãs das mulheres da WWE são determinadas com a realização de combates de luta profissional, em que as vencedoras de cada combate são pré-determinadas por um roteiro.[2] Até o presente mês de outubro de 2017, um total de quatro lutadoras, distribuídas em 11 reinados distintos, já conquistaram o Women's Championship. A primeira campeã foi Charlotte e a atual é Alexa Bliss, que está em seu segundo reinado.

História[editar | editar código-fonte]

Em 3 de abril de 2016, durante o pré-show do WrestleMania 32, Lita apareceu e após recapitular a história da luta livre profissional feminina na WWE, ela revelou um novo cinturão e declarou que as mulheres da WWE não seriam mais chamadas de "Divas", mas como "Superstars", assim como os homens.[3] Isto aconteceu depois que o termo "diva" foi escrutinado por alguns comentadores, fãs e várias lutadoras antigas e atuais da WWE, incluindo a então campeã das Divas Charlotte, que eram a favor de mudar o título para Women's Championship.[4] Ele também foi mudado porque algumas atletas sentiam que o termo diminuía suas habilidades atléticas, relegando-as para apenas sua beleza.[5][6] Lita anunciou então que o vencedor da luta triple threat entre Charlotte, Becky Lynch e Sasha Banks mais tarde naquela noite seria para coroar a primeira vencedora do novo Women's Championship, e, posteriormente, aposentar o Campeonato das Divas.[7] Charlotte se tornou na campeã inaugural ao vencer o combate.[8]

O título compartilha seu nome com o Women's Championship original. No entanto, o novo título não compartilha a mesma história, que foi unificado com o Divas Championship em 2010, com o título combinado herdando a linhagem e história deste último. A WWE reconhece o campeonato original como o seu antecessor,[3] e observa que a linhagem de campeãs remonta ao reinando de The Fabulous Moolah em 1956.[7]

Cinturão[editar | editar código-fonte]

O design do Women's Championship é similar ao do WWE World Championship, com algumas diferenças notáveis. O cinto é menor para se ajustar à campeã, e branco, em oposição ao preto do título masculino. O logotipo da WWE está em um fundo vermelho, em oposição a um preto. A pequena impressão abaixo do logotipo lê-se "Campeã das Mulheres". Como o WWE World Championship, o título apresenta duas placas laterais, ambas separadas por barras divisoras de ouro, com o logotipo da WWE no globo como placas padrão, que são personalizadas com logos da campeã atual como um recurso semelhante a outros cinturões.[7]

Reinados[editar | editar código-fonte]

Em 23 de outubro de 2017, Charlotte e Sasha Banks dividem o recorde de maior número de reinados, com quatro cada. Com 113 dias, o primeiro reinado de Charlotte é considerado o maior da história do título; já o terceiro de Banks é o mais curto, com apenas vinte dias. A atual campeã é Alexa Bliss, que derrotou Sasha Banks no Raw.[9]

Em suma, temos 11 reinados compartilhados entre quatro lutadoras.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «WrestleMania 32: Roman Reigns derrota Autoridade e conquista título mundial peso-pesado». Fox Sports. 4 de abril de 2016. Consultado em 23 de maio de 2016 
  2. Grabianowski, Ed. «How Pro Wrestling Works». HowStuffWorks, Inc (em inglês). Discovery Communications. Consultado em 15 de outubro de 2012 
  3. a b «WWE Women's Championship». wwe.com 
  4. Konuwa, Alfred (30 de março de 2016). «Is WWE Planning To Rebrand Its Divas Division?». Forbes. Consultado em 4 de abril de 2016 
  5. Ahmed, Tufayel. «WrestleMania 32: By Dumping the 'Divas' Branding, WWE Makes Its Biggest Step to Gender Equality». Newsweek. Consultado em 5 de abril de 2016 
  6. Gass, Dorathy (20 de junho de 2014). «Wrestlemania 32: How The Women Stole The Show». Wrestle Newz. Consultado em 5 de abril de 2016 
  7. a b c WWE Staff (3 de abril de 2016). «All-new WWE Women's Championship introduced at WrestleMania». WWE. Consultado em 3 de abril de 2016. Lita introduced the all-new WWE Women’s Championship at WrestleMania, and revealed that Charlotte, Sasha Banks and Becky Lynch will compete for this title tonight. 
  8. Caldwell, James. «4/3 WrestleMania 32 PPV Pre-Show Results – CALDWELL'S Complete Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de abril de 2016 
  9. Reuter, Sean (28 de agosto de 2017). «Alexa Bliss wins the Raw Women's title, then loses a best friend and gains a new challenger» (em inglês). Cageside Seats. Consultado em 29 de agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]