WWE Universal Championship

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
WWE Universal Championship
Universal Championship.png
Atual versão do título
Detalhes
Atual campeão Roman Reigns
Conquista 30 de agosto de 2020
Promoção WWE
Programa SmackDown
Criação 25 de julho de 2016
Outros nomes

  • Undisputed WWE Universal Championship
    (2022–presente)

WWE Universal Championship (em português, Campeonato Universal da WWE) é um campeonato mundial de pesos pesados criado e promovido pela promoção de luta livre profissional americana WWE, atualmente é exclusivo SmackDown. É um dos dois títulos mundiais da WWE, juntamente com o Campeonato da WWE do Raw. O atual campeão é Roman Reigns, que está em seu segundo reinado, que é o reinado mais longo do título. Reigns é reconhecido como o Campeão Indiscutível Universal da WWE, pois detém simultaneamente o Campeonato da WWE e o Campeonato Universal.

Nomeado em homenagem aos fãs da WWE, conhecidos como universo WWE, o campeonato foi estabelecido em 25 de julho de 2016, para ser o principal título da marca Raw. Sua criação veio como resultado da reintrodução da extensão de divisões e posterior ao draft em 19 de julho de 2016, no qual o Campeonato da WWE, título mundial original da promoção, tornou-se exclusivo do SmackDown. O Campeão Universal inaugural foi Finn Bálor. Desde a sua criação, as lutas pelo campeonato foram destaque em vários eventos pay-per-view, incluindo cinco SummerSlams consecutivos de 2017 a 2021, bem como WrestleMania 34,[1] segunda noite da WrestleMania 37,[2] e segunda noite da WrestleMania 38,[3] ambos sendo dois dos "cinco grandes" pay-per-views da WWE, o último dos quais é o principal evento da WWE.

História[editar | editar código-fonte]

O campeão inaugural Finn Bálor, mostrado aqui com o cinturão original do Campeonato do NXT e ele em seu personagem "Demon", sob a qual ele lutou para ganhar o Campeonato Universal.

Em meados de 2016, a WWE reintroduziu a extensão de marca na qual a promoção dividiu sua lista principal entre as marcas Raw e SmackDown, onde os lutadores se apresentariam exclusivamente (a extensão de marca anterior terminou em 2011).[4][5] Em 19 de julho de 2016, o SmackDown começou a transmitir ao vivo e nessa estreia do SmackDown Live, o WWE Draft de 2016 aconteceu e o atual Campeão da WWE Dean Ambrose foi convocado para o SmackDown.[6] No Battleground em 24 de julho, Ambrose manteve o título em uma luta triple threat contra os draftados do Raw Seth Rollins e Roman Reigns,[7] deixando o Raw sem um título mundial.[8] No episódio seguinte do Raw, a comissária da marca Stephanie McMahon e o gerente geral Mick Foley criaram o Campeonato Universal da WWE para servir como o principal campeonato da marca. O título foi nomeado em homenagem ao Universo WWE, o nome que a promoção usa para se referir à sua base de fãs.[9][10]

O campeão inaugural foi coroado no SummerSlam em 21 de agosto em uma luta de simples por pinfall e submissão. Seth Rollins foi automaticamente definido para essa luta, pois ele era a escolha número um do Raw e não foi derrotado na luta pelo Campeonato da WWE no Battleground. Seu oponente foi determinado por duas lutas fatal four-way no Raw, com os vencedores lutando entre si em uma luta individual.[9] Finn Bálor venceu o primeiro fatal four-way ao derrotar Cesaro, Kevin Owens e Rusev, enquanto Roman Reigns venceu o segundo ao derrotar Chris Jericho, Sami Zayn e Sheamus.[9] Bálor então derrotou Reigns e foi adicionado à luta pelo título.[11] No SummerSlam, Bálor, lutando sob seu personagem "Demon", derrotou Rollins para se tornar o campeão inaugural. Bálor foi o primeiro lutador da WWE a ganhar um título mundial em sua estreia no pay-per-view, bem como ganhar seu primeiro título mundial em menos de um mês de sua estreia no elenco principal da WWE.[12][13] Durante a luta pelo campeonato, Bálor sofreu uma lesão no ombro legítima e foi forçado a desocupar o título no dia seguinte.[14][15]

No Crown Jewel em 31 de outubro de 2019, o lutador do SmackDown "The Fiend" Bray Wyatt ganhou o título Universal ao derrotar Seth Rollins em uma luta Falls Count Anywhere que não pôde ser interrompida por nenhum motivo, transferindo assim o Campeonato Universal para o SmackDown.[16][17] O Campeonato da WWE foi posteriormente transferido para o Raw depois que o atual campeão Brock Lesnar deixou o SmackDown no dia seguinte, levando o título para o Raw.[18]

Designação da marca[editar | editar código-fonte]

A seguir está uma lista de datas indicando as transições do Campeonato Universal da WWE entre as marcas Raw e SmackDown.

Data de transição Marca Notas
25 de julho de 2016 Raw O título foi estabelecido para o Raw depois que o Campeão da WWE Dean Ambrose foi draftado para o SmackDown no WWE Draft de 2016. Finn Bálor posteriormente se tornou o Campeão Universal inaugural no SummerSlam em 21 de agosto.
31 de outubro de 2019 SmackDown O Campeonato Universal mudou-se para o SmackDown depois que "The Fiend" Bray Wyatt, um membro da marca SmackDown, derrotou Seth Rollins em uma luta Falls Count Anywhere que não pôde ser interrompida por qualquer motivo para ganhar o Campeonato Universal.

Design do cinturão[editar | editar código-fonte]

O cinturão do Campeonato Universal é semelhante em aparência ao cinturão do Campeonato da WWE (introduzido em 2014), com algumas diferenças notáveis. Como o cinturão do Campeonato da WWE, a placa central é um grande corte do logotipo da WWE com diamantes dentro de uma placa heptagonal irregular, mas com as palavras maiúsculas "Universal Champion" em letras pequenas embaixo do logotipo. Da mesma forma, existem barras divisoras de ouro que separam a placa central de suas duas placas laterais. Cada placa lateral apresenta a mesma seção central removível padrão do Campeonato da WWE (o logotipo da WWE sobre um globo vermelho), que pode ser personalizado com o logotipo do campeão.[19] A diferença mais marcante é a alça do cinto, cuja cor indica a marca exclusiva. Quando o cinto foi revelado pela primeira vez no SummerSlam 2016, a pulseira era vermelha para simbolizar sua exclusividade para a marca Raw, e o sublinhado do logotipo da WWE na placa central era preto para torná-lo visível (essencialmente o reverso do cinto do Campeonato da WWE).[19] Depois que o título se tornou exclusivo do SmackDown no final de 2019, Bray Wyatt introduziu uma variação de alça azul e o sublinhado do logotipo da WWE foi alterado de preto para vermelho.[20][21]

Duas vezes campeão Bray Wyatt, mostrado aqui como "The Fiend", cuja versão personalizada do cinturão do Campeonato Universal foi baseada em sua máscara.

Além da versão do cinturão do SmackDown, Wyatt também introduziu uma versão personalizada do título para seu personagem "Fiend" no episódio de 29 de novembro do SmackDown.[22] O cinto personalizado apresentava o rosto do The Fiend no lugar da placa central. As frases do personagem "Hurt" e "Heal" foram escritas em vermelho em tiras de couro preto no lugar de placas laterais, enquanto a alça do cinto em si era de couro vermelho e preto com costura vermelha segurando-o. A frase do personagem "Let Me In" também foi incluída. Wyatt usou as versões padrão e personalizada do campeonato; seu alegre personagem Firefly Fun House segurava a faixa azul padrão, enquanto seu sinistro personagem Fiend segurava a faixa personalizada.[23][24]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O design do Campeonato Universal foi fortemente criticado.[25] Jason Powell da Pro Wrestling Dot Net se referiu a ele como "um cinturão que ninguém gosta".[26] Adam Silverstein, da CBS Sports, descreveu-o como "feio"[27] enquanto o público do SummerSlam ao vivo no Brooklyn, Nova York, deu cânticos de escárnio, incluindo "Este cinto é uma merda",[28] uma avaliação com a qual os repórteres da New England Sports Network concordaram.[29] Ricky Doyle, do site, escreveu que a resposta da multidão transformou o que deveria ter sido um "momento marcante para a empresa" em uma "experiência estranha".[30] Mike Johnson do Pro Wrestling Insider sentiu que o título parecia um "xerox" do Campeonato da WWE e não culpou o público por reagir negativamente.[31] O design também foi impopular entre os fãs de wrestling online.[32]

Os funcionários da WWE responderam logo após a estreia do título. Seth Rollins criticou a reação do público do SummerSlam, escrevendo no Twitter: "Mais importante do que a aparência de um título é o que ele representa para os homens que lutam por ele. Você realmente me decepcionou esta noite, Brooklyn".[30] Embora reconhecendo que ele mesmo poderia ter escolhido um design de cinto diferente, Mick Foley ecoou a resposta de Rollins em um longo post no Facebook. Ele se lembrou de ter sido presenteado com o Campeonato Hardcore da WWF, um cinturão de título feito de peças de metal quebradas presas por fita adesiva, que os desafiantes "fizeram ... significar algo ao rebentar [seus] traseiros".[33] Em uma promo kayfabe no episódio seguinte do Raw, o então vilão Rollins chamou o cinturão de "bonito".[34]

Mais tarde, em 2016, Jim Vorel, do Paste, classificou o título como o pior dos nove disputados na WWE, observando seu design "desagradável".[35] Por outro lado, Nick Schwartz da Fox Sports escreveu: "Não é tão ruim quanto os fãs fizeram parecer no SummerSlam. Está tudo bem."[36]

Reinados[editar | editar código-fonte]

Duas vezes e atual campeão Roman Reigns, mostrado aqui com a versão SmackDown do cinturão; seu segundo reinado é o reinado mais longo do campeonato, com 673 dias.

Em 9 de abril de 2022, havia quatorze reinados entre oito campeões e duas vagas. Finn Bálor foi o campeão inaugural. Brock Lesnar detém dois recordes com o campeonato: ele tem mais reinados em três e ele tem o reinado combinado mais longo em 688 dias (686 dias como reconhecido pela WWE). O segundo reinado em curso de Roman Reigns é o reinado individual mais longo com mais de 587 dias, enquanto Bálor tem o reinado mais curto em 22 horas, pois foi forçado a desocupar o título devido a uma lesão legítima ao ganhá-lo. Kevin Owens é o campeão mais jovem quando conquistou o título aos 32 anos e 114 dias, enquanto Goldberg é o mais velho quando conquistou o título pela segunda vez aos 53.

Roman Reigns é o atual campeão em seu segundo reinado. Ele conquistou o título ao derrotar o campeão anterior "The Fiend" Bray Wyatt e Braun Strowman, que Reigns derrotou, em uma luta triple threat No Holds Barred no Payback em 30 de agosto de 2020, em Orlando, Flórida.

# Ordem de reinados na história
Reinado O número de reinados de cada lutador
Localização A cidade em que o título foi conquistado
Evento O evento em que o título foi conquistado.
Usados para o tempo em que o título estava vago.
+ Indica o reinado atual.
Lutador Reinado Data Dias com
o título
Dias contados pela WWE Local Evento Notas Ref.
1 Finn Bálor 1 21 de agosto de 2016 <1 <1 Brooklyn, Nova Iorque SummerSlam O título foi estabelecido para o Raw depois que o Campeonato da WWE se tornou exclusivo do SmackDown após o Draft da WWE de 2016. Bálor derrotou Seth Rollins em uma luta de pinfall e finalização para se tornar o campeão inaugural. [37]
Vago 22 de agosto de 2016 Brooklyn, Nova Iorque Raw Vago devido a Finn Bálor sofrer uma lesão no ombro legítima durante sua luta no SummerSlam. [38]
2 Kevin Owens 1 29 de agosto de 2016 188 188 Houston, Texas Raw Esta foi uma luta fatal four-way de eliminação pelo título vago também envolvendo Big Cass, Roman Reigns e Seth Rollins, que Owens eliminou pela última vez para vencer. [39]
3 Goldberg 1 5 de maio de 2017 28 27 Milwaukee, Wisconsin Fastlane [40]
4 Brock Lesnar 1 2 de abril de 2017 504 503 Orlando, Flórida WrestleMania 33 [41]
5 Roman Reigns 1 19 de agosto de 2018 64 63 Brooklyn, Nova Iorque SummerSlam [42]
Vago 22 de outubro de 2018 Providence, Rhode Island Raw Desocupado depois que Roman Reigns anunciou que tinha um legítimo re-diagnóstico de leucemia. [43]
6 Brock Lesnar 2 2 de novembro de 2018 156 156 Riyadh, Arábia Saudita Crown Jewel Originalmente programado como uma luta triple threat em que Roman Reigns defenderia o título contra Lesnar e Braun Strowman. Depois que Reigns abandonou o campeonato, a luta se tornou uma luta individual entre Lesnar e Strowman pelo título vago.[44] [45]
7 Seth Rollins 1 7 de abril de 2019 98 98 East Rutherford, Nova Jersey WrestleMania 35 [46]
8 Brock Lesnar 3 14 de julho de 2019 28 27 Filadélfia, Pensilvânia Extreme Rules Descontado em seu contrato Money in the Bank. [47]
9 Seth Rollins 2 11 de agosto de 2019 81 80 Toronto, Ontário SummerSlam [48]
10 "The Fiend" Bray Wyatt 1 31 de outubro de 2019 119 118 Riyadh, Arábia Saudita Crown Jewel Esta foi uma luta Falls Count Anywhere que não pôde ser interrompida por nenhum motivo.
O título tornou-se exclusivo da marca SmackDown devido ao status de Wyatt como um lutador do SmackDown.
[49]
11 Goldberg 2 27 de fevereiro de 2020 27 ou 28 37 Super Showdown A WWE reconhece que este reinado terminou em 4 de abril de 2020, quando a luta seguinte foi ao ar com atraso. [50]
12 Braun Strowman 1 25 ou 26 de março de 2020 150 ou 151 141 Orlando, Flórida Wrestlemania 36: Noite 1 A WrestleMania foi gravada em 25 e 26 de março, mas atualmente não se sabe em que dia essa luta foi gravada. A WWE reconhece este reinado como começando em 4 de abril de 2020, quando a luta foi ao ar com atraso.[51] [52]
13 "The Fiend" Bray Wyatt 2 23 de agosto de 2020 7 6 SummerSlam Essa foi uma luta Falls Count Anywhere. [53]
14 Roman Reigns 2 30 de agosto de 2020 673+ 673+ Payback Esta foi uma luta triple threat No Holds Barred também envolvendo Braun Strowman, que Reigns fez o pin.
Na WrestleMania 38 em 3 de abril de 2022, Reigns derrotou Brock Lesnar para unificar o Campeonato Universal com o Campeonato da WWE do Raw e assim se tornou o Campeão Indiscutível Universal da WWE. Apesar dessa luta ser anunciada como uma partida de unificação, ambos os títulos permaneceram ativos de forma independente.
[54]

Reinados combinados[editar | editar código-fonte]

+ Indica o atual campeão.
¤ A duração exata de pelo menos um dos reinados é incerta, então a menor duração é considerada.

Em 4 de julho de 2022.

Pos. Campeão Nº de reinados Dias combinados Dias combinados

contados pela WWE

1 Roman Reigns 2 737+ 736+
2 Brock Lesnar 3 688 686
3 Kevin Owens 1 188
4 Seth Rollins 2 179 178
5 Braun Strowman 1 ¤150 142
6 "The Fiend" Bray Wyatt 2 126 124
7 Goldberg 2 ¤55 64
8 Finn Bálor 1 <1

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Em conjunto com o Campeonato da WWE.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Powell's WrestleMania 34 live review: AJ Styles vs. Shinsuke Nakamura for the WWE Championship, Brock Lesnar vs. Roman Reigns for the WWE Universal Championship, Charlotte Flair vs. Asuka for the Smackdown Women's Championship, Ronda Rousey and Kurt Angle vs. Triple H and Stephanie McMahon». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 8 de abril de 2018. Consultado em 9 de abril de 2022 
  2. «WrestleMania 37 results: Powell's live review of night two with Roman Reigns vs. Edge vs. Daniel Bryan in a Triple Threat for the WWE Universal Championship, Asuka vs. Rhea Ripley for the Raw Women's Championship, Big E vs. Apollo Crews in a Nigerian Drum Fight for the IC Title». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 11 de abril de 2021. Consultado em 9 de abril de 2022 
  3. «WrestleMania 38 results: Powell's live review of night two with Roman Reigns vs. Brock Lesnar for the Unified WWE Championship, RK-Bro vs. The Street Profits vs. Alpha Academy for the Raw Tag Titles, Edge vs. AJ Styles, Johnny Knoxville vs. Sami Zayn in an Anything Goes match, Pat McAfee vs. Austin Theory, Bobby Lashley vs. Omos». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 3 de abril de 2022. Consultado em 9 de abril de 2022 
  4. Steinberg, Brian; Steinberg, Brian (25 de maio de 2016). «WWE's 'Smackdown' Will Move to Live Broadcast on USA (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  5. «WWE Superstar Draft to take place on tonight's LIVE SmackDown». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  6. «2016 WWE Draft results: Are your favorite Superstars on Raw or SmackDown Live?». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  7. «7/24 WWE Battleground Results - CALDWELL'S Complete Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 25 de julho de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  8. «Which former Shield member left Battleground as WWE Champion?». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  9. a b c «WWE RAW Results - 7/25/16 (Live from Pittsburgh, fallout from Battleground, new era of RAW begins)». WWE News, WWE Results, AEW News, AEW Results (em inglês). 25 de julho de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  10. «7/25 Powell's WWE Raw Live TV Review: New World Title, the brand split begins, Finn Balor and Nia Jax debut». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 25 de julho de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  11. «Who will be crowned the first WWE Universal Champion?». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  12. «First WWE Universal Champion crowned». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  13. «SummerSlam (2016)». Wikipedia (em inglês). 2 de abril de 2022. Consultado em 9 de abril de 2022 
  14. «UPDATE: Finn Bálor undergoes successful surgery». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  15. «8/22 WWE Raw Results - CALDWELL'S Complete Live TV Report». Pro Wrestling Torch (em inglês). 23 de agosto de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  16. «"The Fiend" Bray Wyatt wins the Universal Championship». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  17. «WWE Crown Jewel results: Powell's live review of Brock Lesnar vs. Cain Velasquez for the WWE Championship, Seth Rollins vs. Bray Wyatt in a Falls Count Anywhere match for the WWE Universal Championship, Braun Strowman vs. Tyson Fury, Lacey Evans vs. Natalya». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 31 de outubro de 2019. Consultado em 9 de abril de 2022 
  18. «10/04 WWE Friday Night Smackdown results: Powell's review of The Rock's return, Kofi Kingston vs. Brock Lesnar for the WWE Championship, Kevin Owens vs. Shane McMahon in a career vs. career ladder match, Becky Lynch and Charlotte Flair vs. Sasha Banks and Bayley». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 4 de outubro de 2019. Consultado em 9 de abril de 2022 
  19. a b «Photos: An up-close look at the all-new WWE Universal Championship». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  20. «11/15 WWE Friday Night Smackdown results: Powell's review of Big E and Kofi Kingston vs. The Revival for the Smackdown Tag Titles, Daniel Bryan on Miz TV, Bayley vs. Nikki Cross, Mustafa Ali and Shorty G put their Team Smackdown spots on the line vs. Robert Roode and Dolph Ziggler». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 16 de novembro de 2019. Consultado em 9 de abril de 2022 
  21. «Photos: Universal Title turns blue with "The Fiend" Bray Wyatt's reign». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  22. «11/29 WWE Friday Night Smackdown results: Powell's review of a new face in Bray Wyatt's Firefly Funhouse, New Day's open challenge for a Smackdown Tag Title match, Roman Reigns opening the show». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 30 de novembro de 2019. Consultado em 9 de abril de 2022 
  23. «Get a closer look at "The Fiend" Bray Wyatt's haunting Universal Title». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  24. «Photos: Get a closer look at "The Fiend" Bray Wyatt's haunting new title». WWE (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  25. «Ranking Every Current WWE Title Belt, From Best to Worst». pastemagazine.com (em inglês). 9 de outubro de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  26. August 23, Scott (22 de agosto de 2016). «8/22 Powell's WWE Raw Live TV Review: Finn Balor injury and the WWE Universal Championship, SummerSlam fallout». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  27. «WWE SummerSlam 2016 results: Brock Lesnar gets savage, Finn Balor wins title». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  28. «WWE SummerSlam live results: Brock Lesnar vs. Randy Orton». web.archive.org. 22 de agosto de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  29. «WWE SummerSlam 2016 Live: Finn Balor, Brock Lesnar Highlight Event In Brooklyn». NESN.com (em inglês). 22 de agosto de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  30. a b «Seth Rollins Rips Barclays Center Crowd After WWE SummerSlam Reaction». NESN.com (em inglês). 22 de agosto de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  31. «WHAT HAPPENED AFTER SUMMERSLAM WENT OFF THE AIR AND MORE: COMPLETE LIVE THOUGHTS FROM SUMMERSLAM IN BROOKLYN | PWInsider.com». www.pwinsider.com. Consultado em 9 de abril de 2022 
  32. «WWE SummerSlam live results: Brock Lesnar vs. Randy Orton». web.archive.org. 22 de agosto de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  33. «Mick Foley laces WWE fans for their reaction at SummerSlam». FOX Sports (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  34. August 23, Scott (22 de agosto de 2016). «8/22 Powell's WWE Raw Live TV Review: Finn Balor injury and the WWE Universal Championship, SummerSlam fallout». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  35. «Ranking Every Current WWE Title Belt, From Best to Worst». pastemagazine.com (em inglês). 9 de outubro de 2016. Consultado em 9 de abril de 2022 
  36. «WWE News & Rumors». FOX Sports (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2022 
  37. Caldwell, James (21 de agosto de 2016). «8/21 WWE Summerslam Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  38. Caldwell, James (22 de agosto de 2016). «8/22 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Live TV Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 23 de agosto de 2016 
  39. Caldwell, James (29 de agosto de 2016). «8/29 WWE Raw Results – CALDWELL'S In-Person Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  40. Keller, Wade (5 de março de 2017). «KELLER'S WWE FASTLANE PPV REPORT 3/5: Owens vs. Goldberg for Universal Title, Bayley vs. Charlotte, Reigns vs. Strowman» (em inglês). PW Torch. Consultado em 6 de março de 2017 
  41. Keller, Wade (2 de abril de 2017). «KELLER'S WRESTLEMANIA 33 MAIN CARD REPORT 4/2: Reigns vs. Undertaker, Lesnar vs. Goldberg, Owens vs. Jericho, Orton vs. Wyatt, Styles vs. Shane, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 2 de abril de 2017 
  42. «2018 WWE SummerSlam results: Live updates, recap, grades, matches, card, highlights» (em inglês). CBS Sports. 19 de agosto de 2018. Consultado em 20 de agosto de 2018 
  43. Csonka, Larry (22 de outubro de 2016). «Join 411's LIVE WWE Raw Coverage» (em inglês). 411Mania 
  44. «10/22 Powell's WWE Raw Live TV Review: Roman Reigns announces he has leukemia, forfeits the WWE Universal Championship, Drew McIntyre and Dolph Ziggler vs. Seth Rollins and Dean Ambrose for the Raw Tag Titles, Ronda Rousey and Nikki Bella contract signing for WWE Evolution, Triple H and Shawn Michaels appear». Pro Wrestling Dot Net (em inglês). 22 de outubro de 2018. Consultado em 10 de maio de 2022 
  45. Elizabeth, Claire. «WWE Crown Jewel results, live streaming match coverage: Brock Lesnar vs. Braun Strowman» (em inglês). Cageside Seats. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  46. Keller, Wade (7 de abril de 2019). «WRESTLEMANIA 35 EVENT RESULTS 4/7: Keller's match report and analysis including Lesnar vs. Rollins, Rousey vs. Charlotte vs. Lynch, Bryan vs. Kofi, Batista vs. Triple H» (em inglês). PW Torch. Consultado em 7 de abril de 2019 
  47. Coyle, Sean; Wilansky, Matt (14 de julho de 2019). «WWE Extreme Rules results: Brock Lesnar wins Universal title after cash-in» (em inglês). ESPN. Consultado em 15 de julho de 2019 
  48. Lianos, Konstantinos. «WWE SummerSlam RESULTS: Seth Rollins dethrones Brock Lesnar, Goldberg dominates» (em inglês). Express. Consultado em 11 de agosto de 2019 
  49. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome CrownJewel2019
  50. Powell, Jason (27 de fevereiro de 2020). «WWE Super ShowDown results: Powell's live review of "The Fiend" Bray Wyatt vs. Goldberg for the WWE Universal Championship, Brock Lesnar vs. Ricochet for the WWE Championship, Big E and Kofi Kingston vs. The Miz and John Morrison for the Smackdown Tag Titles». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  51. Solowrestling (21 de março de 2020). «WWE grabará Wrestlemania 36». solowrestling.mundodeportivo.com (em espanhol). Consultado em 10 de maio de 2022 
  52. Powell, Jason (4 de abril de 2020). «WrestleMania 36 results: Powell's live review of night one featuring Goldberg vs. Braun Strowman for the WWE Universal Championship, Undertaker vs. AJ Styles in a Boneyard match, Becky Lynch vs. Shayna Baszler for the Raw Women's Championship, Seth Rollins vs. Kevin Owens». Pro Wreslting Dot Net. Consultado em 4 de abril de 2020 
  53. Powell, Jason (23 de agosto de 2020). «WWE SummerSlam results: Powell's review of Drew McIntyre vs. Randy Orton for the WWE Championship, Braun Strowman vs. The Fiend for the WWE Universal Championship, Mandy Rose vs. Sonya Deville in a No DQ, loser leaves WWE match, Asuka challenges for two titles». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 23 de agosto de 2020 
  54. Powell, Jason (30 de agosto de 2020). «WWE Payback results: Powell's review of The Fiend vs. Bray Wyatt vs. Roman Reigns vs. Braun Strowman in a Triple Threat for the WWE Universal Championship, Keith Lee vs. Randy Orton, Sasha Banks and Bayley vs. Shayna Baszler and Nia Jax for the WWE Women's Tag Titles, Matt Riddle vs. King Corbin». Pro Wreslting Dot Net. Consultado em 30 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]