Walking Tall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Walking Tall
Justiceiro Incorruptível (PT)
Com as Próprias Mãos (BR)
Pôster promocional do filme.
 Estados Unidos
2004 •  cor •  87 min 
Direção Kevin Bray
Produção Ashok Amritraj
Jim Burke
Paul Schiff
Lucas Foster
Roteiro David Klass
Brian Koppelman
David Levien
Gênero ação, polícial
Idioma Inglês
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Walking Tall (br: Com as Próprias Mãos/pt: Justiceiro Incorruptível) é um filme de ação estadunidense lançado em 2004, dirigido por Kevin Bray e escrito por David Klass, Brian Koppelman e David Levien. O longa é estrelado por Dwayne Johnson e baseado na história real de Buford Pusser. Foi lançado em 29 de outubro de 2004 no Brasil[1] e 2 de abril de 2004 nos Estados Unidos.[2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Chris Vaughn (Dwayne Johnson) é um soldado aposentado das Forças Especiais do exército americano, que decide voltar para sua cidade natal, Condado de Kitsap, em Washington, com a intenção de reatar antigos laços e iniciar uma nova vida. Ao chegar nota que a antiga serraria em que seu pai trabalhava, agora, se encontra fechada. Neste momento encontra o sheriff Stan Watkins (Michael Bowen) que lhe concede uma carona. Ao chegar em casa Chris encontra sua família e antigos amigos, como Ray Templeton (Johnny Knoxville) que chegou a ser preso por se envolver com drogas. Durante a conversa Ray convida-o para jogar futebol americano. Já próximo ao campo quando Chris esta conversando com resto dos amigos, chega o empresário Jay Hamilton (Neal McDonough), que completa o time adversário do jogo. Logo ao término da partida, Jay convida Chris a visitar seu cassino e Chris aceita o convite.[3]

Ao chegar no cassino, Chris se depara com sua namorada de infância Deni (Ashley Scott) que agora trabalha como stripper. Mais tarde, ele percebe que um jogo que envolvia dados estava sendo efetuado de forma errada, Chris inicia uma discussão e posteriormente é dominado e fica inconsciente. O pessoal da segurança leva Chris para o porão e o tortura, cortando-o antes de joga-lo em uma estrada. Ele é encontrado por um caminhoneiro e hospitalizado, mas se recupera rapidamente.

Chris vai se queixar com o sheriff Watkins, mas o o sheriff recusa e fala que o cassino é visto como um importante ponto para a economia da cidade. Após isso Chris descobre que seu sobrinho Pete (Khleo Thomas) experimentou metanfetamina que foi vendida pelos seguranças do cassino. Enfurecido, Chris dirige ao cassino e com um pedaço de madeira, quebra a propriedade de Jay Hamilton. Logo depois ele é apreendido. No julgamento, todos os seguranças e amigos de Hamilton testemunha contra Chris, mas ele sai como inocente. Logo depois, ele consegue passar na prova e se torna sheriff da cidade.

Com isso, decide fazer vingança com as próprias mãos para deixar sua cidade natal como antes, com a serraria aberta e pontos ilegais fechados.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Walking Tall recebeu geralmente avaliações negativas dos críticos especializados. Baseado em 128 avaliações postadas no website Rotten Tomatoes, 24% dos críticos concederam uma critica positiva ao filme, com uma classificação média de 4.4 de 10.[5]

Apesar da recepção muito negativa, o filme arrecadou mais de U$ 100,000,000 na bilheteria ($57,223,890 em todo o mundo; $46,437,717 no mercado interno). O orçamento do filme foi de US $ 46 milhões.[6]

Referências

  1. «Agenda de estreias no Brasil - 29 outubro 2004». AdoroCinema. Consultado em 6 de Junho de 2013. 
  2. «Agenda de estreias nos EUA - 02 abril 2004». AdoroCinema. Consultado em 6 de Junho de 2013. 
  3. «Com as Próprias Mãos - Enredo». AdoroCinema. Consultado em 6 de junho de 2013. 
  4. «Com as Próprias Mãos : Elenco, atores, equipe». AdoroCinema. Consultado em 6 de junho de 2013. 
  5. «Walking Tall (2004)». Rotten Tomatoes. Consultado em 6 de Junho de 2013. 
  6. «Walking Tall». Box Office Mojo. Consultado em 6 de junho de 2013.