Édouard Roche

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde maio de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Édouard Albert Roche (Montpellier, França, 1820 - 1883) foi um cientista francês cujos estudos mais conhecidos concentram-se na mecânica celestial. Em seu nome são definidos os conceitos da Esfera de Roche, Limite de Roche e Lóbulo de Roche.

Nascido em Montpellier, estudou na Universidade de Montpellier, onde futuramente tornou-se professor dessa instituição na Faculté des Sciences em 1849. Roche realizou estudos matemáticos sobre a hipótese nebular de Laplace e apresentou os resultados em uma série de artigos pela Academia de Montpellier até 1877. Os artigos mais importantes tratam de cometas (1860) e a Hipótese Nebular em si (1873). Os estudos de Roche's examinaram os efeitos de campos gravitacionais intensos sobre agromerados de pequenas partículas.

Roche é famoso também sobre sua teoria de formação dos anéis de Saturno que teria de formado quando uma grande lua aproximou-se demasiadamente de Saturno ocasionando sua desintegração através das forças gravitacionais. Roche descreveu um método de se calcular a distância onde um satélite pode desintegrar-se devido às forças de maré, que é conhecida como limite de Roche.

Outro de seus estudos conhecidos também envolvem a mecânica orbital. O lóbulo de Roche define uma região onde a matéria é atraída para um ou outro corpo num sistema binário, como por exemplo as estrelas binárias.

Em 1873, Roche defendeu sua teoria da coagregação, a primeira teoria científica sobre a origem da lua. Dizia que a Terra e a Lua nasceram ao mesmo tempo e com os mesmos materiais. Roche imaginava um anel de gás em torno da Terra, igualmente como haviam vários anéis de gás em torno do Sol que surgiram após contração e o resfriamento de nuvens quentes de ar condensado. Esses anéis aglutinaram-se formado os planetas. Segundo Roche, a Terra emitiu um anel de gás após contrair-se, que se aglutinou formando a Lua. Mas essa teoria apresentava problemas. Para começar, a Lua tem um conteúdo de ferro bem menor do que o da Terra. Se os dois corpos haviam se formado a partir dos mesmos materiais sua composição básica deveria ser a mesma, mas não era. Portanto, a teoria da coagregação não foi aceita.