243 Ida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ida
243 Ida e Dactyl.
Imagem de 243 Ida tirada pela sonda Galileu. O ponto pequeno à sua direita é Dactyl.
Número 243
Data da descoberta 29 de setembro de 1884
Categoria Cinturão de asteroides (Koronis)
Elementos orbitais
Perélio 2,732 UA
Afélio 2,991 UA
Excentricidade 0,0452
Período orbital 1768,136 d (4,84089 a)
Inclinação 1,138º
Satélites 1 (Dactyl)
Características físicas
Dimensões 53,6 × 24,0 × 15,2 km
Massa 4,2 ± 0,6 ×1016 kg
Densidade média 2,6 ± 0,5 g/cm3
Período de rotação 0,193 d
Classe espectral S
Magnitude absoluta 9,94
Albedo 0,2383
Temperatura -73 ºC

243 Ida é um asteróide do cinturão de asteróides. Primeiro asteróide binário - com uma lua - descoberto.[1] Foi fotografado pela primeira vez pela sonda Galileu em 28 de Agosto de 1993.

Descobrimento e nome[editar | editar código-fonte]

243 Ida foi descoberto por Johann Palisa em 29 de Setembro de 1884, na cidade de Viena. O nome de Ida vem da ninfa da mitologia grega que morava numa montanha de mesmo nome.

Lua[editar | editar código-fonte]

243 Ida tem uma pequenina lua chamada de Dactyl, que foi descoberta por um membro da missão Galileu, chamado Ann Harch, enquanto examinava as imagens de 243 Ida, em 17 de Fevereiro de 1994. A lua foi provisoriamente chamada de S/1993 (243) 1, e possui 1.6 km de diâmetro.[2]

Referências

  1. Ida. SolarViews. Página visitada em 17/09/2012.
  2. IMAGES OF ASTEROIDS IDA & DACTYL. NASA. Página visitada em 17/09/2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]

241 Germania | 242 Kriemhild | 243 Ida | 244 Sita | 245 Vera
Ícone de esboço Este artigo sobre asteroides é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.