Longitude do nó ascendente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elementos orbitais de um corpo em órbita do Sol.

A longitude do nó ascendente ( \Omega \,) é um dos elementos orbitais da órbita de um corpo celeste. Para um objeto que orbita em torno do Sol, é o ângulo com vértice no Sol, que vai desde o Ponto Áries (ou ponto vernal) até o nó ascendente dessa órbita, medido sobre o plano de referência da eclítica, no sentido da translação do corpo.[1] [2] [3]

P2 Eclíptica
Ponto Vernal
S Origem, ex. Sol
P1 Plano Orbital
a Semi eixo maior
Nó Ascendente
Ω Longitude do Nó Ascendente
i Inclinação
P Periastro
ω Argumento do Periastro


São as seguintes as longitudes do nó ascendente dos 8 planetas do Sistema Solar:

Mercúrio Vénus Terra Marte Júpiter Saturno Urano Netuno
48,331° 76,67029° 348,73936° 46,562° 100,492° 113,64281° 73,98982° 131,79431°

Ver também[editar | editar código-fonte]


Referências


Portal A Wikipédia possui o portal:


Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.