90 Antíope

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
90 Antiope
Asteroide tipo C[1]
Características orbitais
Perélio 398.02 Gm
2.6606 AU UA
Afélio 545.94 Gm
3.6494 AU UA
Circunferência orbital 471.19 Gm
3.1550 UA
Excentricidade 0.15670
Período orbital 2046.9 d (5.60 a)
Velocidade orbital média 16.66 km/s
Inclinação 2.2195 °
Argumento do periastro 242.96°
Longitude do nó ascendente 70.21°
Características físicas
Dimensões 93 x 87 x 83,6 km
89,4 x 82,8 x 79,6 km
Massa 8.3×1017 kg
(sistema todo)[2]

~ 4.1−4.2 ×1017 kg (componentes) kg

Densidade média 1.25 ± 0.05 [3] g/cm³
Gravidade equatorial ~ 0.003−0.004 g
Dia sideral 0.687 d (16.50 h).[4]
Velocidade de escape ~ 126−144 km/s
Albedo 0.060[5]
Temperatura média: -115 ºC
-29 ºC max
Magnitude absoluta 8.27 (juntos)[6]
9.02 (cada componente)

90 Antíope é um Asteroide duplo que se localiza no Cinturão de asteroides entre as órbitas de Marte e Júpiter. Ele é considerado um "asteroide duplo" é formado por duas rochas, uma girando em torno da outra. Não se pode dizer que é um asteroide com um "satélite", pois os dois tem praticamente o mesmo tamanho, um com 88 km de diâmetro e o outro com 84 km.[carece de fontes?]

Descoberta[editar | editar código-fonte]

90 Antíope foi descoberto pelo astrônomo pelo alemão Robert Luther em 1886, porém foi considerado um asteroide simples até 2000, quando observações de alta resolução feitas no Observatório astronômico Keck, no Havaí, demonstraram que se tratava de sistema duplo de asteroides, o primeiro a ser registrado.[carece de fontes?]

Nome[editar | editar código-fonte]

O mesmo recebeu o número 90 e o nome de Antíope denota que foi o asteroide 90 a ser descoberto. Seu nome próprio vem da mitologia grega, embora seja disputada quanto a saber se este é Antíope amazona ou Antíope, a mãe de Anfião e Zeto.

Desde a descoberta da natureza binária de 90 Antíope, o nome "Antíope" refere-se tecnicamente ao corpo ligeiramente maior dos dois componentes, com o menor componente tendo a designação provisória S/2000 (90) 1. No entanto, o nome "Antíope" também é usado para referir-se a um sistema binário como um todo.

A importância dos astrônomos amadores[editar | editar código-fonte]

Os astrônomos amadores tiveram um papel decisivo na determinação da forma dos asteroides. Através da ocultação da estrela LQ Aquarii pelos asteroides em 19 de julho de 2011, mais de 50 astrônomos amadores ajudaram a determinar o formato preciso dos corpos.[carece de fontes?]

Características principais[editar | editar código-fonte]

Além de ser o primeiro asteroide duplo, outra característica importante é sua densidade. A baixa densidade (1,3 ± 0,2 g / cm ³) de seus componentes sugere que 30% do seu volume seja espaço vazio, o que indica que eles se formaram a partir de uma pilha de escombros vinda de uma colisão de asteroides (possivelmente a mesma colisão que formou a família Themis).[carece de fontes?]

Referências

  1. PDS spectral class data
  2. 90 Antiope A & B, online data sheet, F. Marchis
  3. Descamps et al., 2007, Icarus article published in April 2007
  4. "T. Michałowski. (2004). "Eclipsing binary asteroid 90 Antiope". Astronomy & Astrophysics 423 (3): 1159. DOI:10.1051/0004-6361:20040449. Bibcode2004A&A...423.1159M.
  5. Supplemental IRAS Minor Planet Survey
  6. JPL Small-Body Database Browser: 90 Antiope (2010-06-13 last obs). Página visitada em 2010-07-08.