Adeus às Armas (1957)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adeus às Armas
A Farewell to Arms
 Estados Unidos
1957 • cor • 152 min 
Direção Charles Vidor
Roteiro Ben Hecht
Elenco Rock Hudson
Jennifer Jones
Vittorio de Sica
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Adeus às Armas[1] [2] (A Farewell to Arms) é um filme norte-americano de 1957 do gênero drama romântico de guerra, dirigido por Charles Vidor. Foi o último filme produzido por David O. Selznick, e o roteiro se baseia na obra homônima de Ernest Hemingway.

O filme teve locações nos Alpes italianos, Veneza, Udine, Lazio e Roma. A história já havia sido filmada anteriormente, por Frank Borzage em 1932. O diretor John Huston é quem iria dirigir a refilmagem, mas desistiu.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O estadunidense Frederick Henry vai à Itália durante a Primeira Guerra Mundial, procurando trabalho como correspondente de guerra, mas acaba se tornando motorista de ambulância com a insígnia de tenente. Às vésperas de uma ofensiva italiana contra o exército austríaco, ele conhece a ajudante da Cruz Vermelha inglesa Catherine Barkley e os dois se apaixonam. Henry é ferido na batalha que se segue e é levado para o hospital americano em Milão.

Graças aos seus amigos italianos, os dois se reencontram no hospital e ficam juntos durante a recuperação de Henry. Catherine engravida mas não quer se casar. Henry é forçado a retornar para a sua unidade. Ele volta num momento dificil, quando os alemães conseguem forçar os italianos a recuarem (Batalha de Caporetto). Durante o caos que se segue, seu amigo oficial e médico Alessandro Rinaldi é fuzilado pelos próprios soldados italianos, o que faz com que Henry abandone o exército. Ele volta para Catherine e os dois escapam para a Suíça.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Premiações e indicações[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.