Alessandro Cicarelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio de Janeiro (1844), pintura de Alessandro Cicarelli. Acervo da Pinacoteca do Estado, São Paulo.

Alessandro Cicarelli Manzoni (Nápoles, 25 de janeiro de 1811Santiago do Chile, 5 de maio de 1879) foi um pintor, desenhista e professor italiano, que esteve residindo no Rio de Janeiro de 1840 a 1848.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seus conhecimentos de arte, adquiriu-os na Academia de Belas Artes de Nápoles e, posteriormente em Roma.

No Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

Integrou-se logo ao ambiente artístico brasileiro, de tal forma que, já em 1843 apresentava quatro óleos na exposição da Academia Imperial de Belas Artes,1 tendo recebido pela qualidade de seus trabalhos a comenda de Primeiro Cavaleiro da Ordem de Cristo.

A convite do Imperador, foi professor de desenho da imperatriz Maria Teresa de Bourbon.

No Chile[editar | editar código-fonte]

Em 1848 abandonou o Brasil para radicar-se no Chile onde viveu até 1879. Do ano seguinte a sua chegada àquele país até 1869 exerceu o cargo de diretor da Escuela de Pintura de Santiago. Em seguida, aposentado, continuou vivendo no país andino até seu falecimento.

Acervo[editar | editar código-fonte]

Obras de sua autoria com temas brasileiros podem ser encontradas no Museu Nacional de Belas Artes e em algumas coleções particulares.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Levy, ob. cit. na bilbiografia
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alessandro Cicarelli

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BRAGA,Teodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942.
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.
  • LEVY, Carlos Roberto Maciel. Exposições gerais da Academia Imperial e da Escola Nacional de Belas Artes. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1990.