Alexander Patch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Alexander Patch
Flag of the United States.svg
Nascimento 23 de novembro de 1889
Fort Huachuca, EUA
Morte 21 de novembro de 1945
Fort Sam Houston, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Cargo Comandante da Americal Division na Batalha de Guadalcanal (1942-43)
Comandante do 7.º Exército dos EUA na Europa(1944-45)
Serviço militar
Patente Tenente-general

Alexander McCarrell Patch (Fort Huachuca, 23 de novembro de 1889 – Fort Sam Houston, 21 de novembro de 1945 ) foi um general do Exército dos Estados Unidos, comandante de tropas na Guerra do Pacífico e na Europa, nomeadamente na Batalha de Guadalcanal e na invasão da França, durante a II Guerra Mundial.

Patch nasceu num posto da Cavalaria do Exército no Arizona onde seu pai comandava um destacamento e desde criança não quis seguir outra carreira que não fosse a militar, formando-se em West Point em 1909. Ele queria seguir a carreira de seu pai na cavalaria, mas percebendo que a força ficava obsoleta se decidiu pela infantaria, na qual foi incorporado em 1913.

Durante a I Guerra Mundial, serviu como oficial de infantaria e instrutor na escola de metralhadores do exército. Como comandante de homens na guerra, Patch chamou a atenção do General George Marshall, então membro do estado-maior do general John Pershing, comandante-em-chefe das forças norte-americanas na Europa durante a guerra. No período entre guerras, Marshall o promoveu a brigadeiro-general e o enviou para chefiarFort Bragg, como supervisor do treinamento dos novos soldados ali.

Em 1942, foi enviado ao Pacífico para organizar e reforçar as defesas da Nova Caledônia. Ele assumiu o comando de um grupo de unidades militares dispersas, juntou-as e lhes deu o nome de Americal Division, após sugestão de um soldado raso do grupo.

A unidade entrou em ação na Batalha de Guadalcanal substituindo a 1ª Divisão de Marines do General Vandegrift, que ali lutava desde agosto. Patch passou o comando da divisão criada por ele e assumiu o comando geral das forças em Guadalcanal, que sob seu comando, muitas vezes pessoal em combate, expulsou os japoneses da ilha e consolidou a primeira vitória terrestre aliada no teatro de guerra do Pacífico.

Impressionado com seu desempenho, o general Marshall o enviou para a Europa onde ele assumiu o comando do 7º Exército, desembarcando em 15 de agosto de 1944 na Riviera francesa e rapidamente progredindo para o norte, subindo o rio Reno, onde se encontrou com o exército de George Patton vindo da Normandia. Nesta época sofreu uma tragédia pessoal quando seu filho, o capitão Alexander Patch III, foi morto em combate na França em 22 de outubro de 1944.

Como comandante do 7.º Exército até o final da guerra, o tenente-general Patch levou suas tropas através do Reno e da Linha Siegfried para o interior da Alemanha.

Em agosto de 1945 ele retornou aos Estados Unidos para assumir o comando de outro exército mas teve que ser hospitalizado com problemas nos pulmões. Morreu de pneumonia em 21 de novembro num hospital em Fort Sam Houston e foi sepultado no cemitério de West Point. Foi promovido postumamente a general-de-exército.