Ali Kafi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ali Kafi.JPG

Ali Hussain Kafi (em árabe: علي كافي7 de outubro de 1928 - 16 de abril de 2013) foi um político argelino.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Kafi foi uma das grandes figuras das forças subterrâneas argelinas que lutaram pela independência da França de 1954 a 1962. [1] Naquela época, foi promovido ao posto de coronel. [1] Kafi foi embaixador argelino para vários países, incluindo Síria, Egito, Iraque e Itália. [2]

Serviu como o presidente do Alto Conselho de Estado (a presidência coletiva apoiada pelos militares) da Argélia de 2 de julho de 1992 a 31 de janeiro de 1994. [3] Ele foi escolhido como presidente após o assassinato de Mohamed Boudiaf. [2]

O Conselho de Estado foi concebido como um governo de transição. Em 1992, prometeu um referendo que, eventualmente, nunca aconteceu.

Morte e sepultamento[editar | editar código-fonte]

Kafi morreu com a idade de 84 anos em 16 de abril de 2013, em Genebra, Suíça.[1] Seu corpo foi enterrado no cemitério de El-Alia. [2]

Referências

Cargos políticos


Precedido por
Mohamed Boudiaf
Presidente da Argélia
1992 – 1994
Sucedido por
Liamine Zéroual