Alice de Carli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alice de Carli
Nome completo Ana Alice de Carli
Nascimento 27 de março de 1961 (53 anos)
Santos, São Paulo
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz, modelo, advogada, escritora
IMDb: (inglês)

Ana Alice de Carli (Santos, 27 de março de 1961) é uma ex-atriz e ex-modelo brasileira.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu no litoral paulista, mas residiu no sul do país em Caxias do Sul, iniciou carreira em Porto Alegre, onde fez cursos em estúdios de fotografia e outros de interpretação, seguiu para São Paulo no início dos anos 80 onde foi capa das revistas Viva, Fatos e Fotos, Carinho, Romance, além de ensaios para as maiores revistas masculinas, como Ele Ela, Status e Playboy, tornando-se uma das musas da década de 80.[2]

Participou de várias campanhas publicitárias da época, com destaque para as calcinhas Hope. Estreou na TV na Praça Brasil da Rede Bandeirantes em 1987. Depois de apenas 4 semanas, a jovem loura seguiu juntamente com Carlos Alberto de Nóbrega para o programa do SBT A Praça É Nossa,[3] onde permaneceu até 1989, o quadro humorístico do Chefinho foi o ápice da sua carreira, sendo conhecida pelo público como a Dona Dadá e o seu jargão "Ui ui ui, chefinho"[4] contracenando com Tutuca e Aldo César.

Após sair do programa, foi para o Rio de Janeiro, fez cursos de teatro no tablado, atuou em uma novela da Rede Globo[5] [6] e em peças teatrais.[7] [8] Em 1995, Alice tornou-se evangélica[9] , pouco tempo depois, após uma minissérie da Rede Record,[10] afastou-se da vida artística, posteriormente formou-se em Direito e publicou um livro na área.[11]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1989 - De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco
  • 1991 - Um Grande Golpe
  • 1994 - Uma Rosa para Hitler

Livros[editar | editar código-fonte]

  • 2009 - Bem de Família do Fiador e o Direito Humano Fundamental à Moradia

Referências

  1. REVISTA VEJA, Edição 991, pág.69. Editora Abril, 1968-, semanal. 2 de Setembro de 1987
  2. REVISTA FLASHBACK, Edição especial 80 Mulheres dos Anos 80. Editora Abril, 2005
  3. REVISTA VEJA, Edição 1049, pág.74. Editora Abril, 1968-, semanal. 12 de Outubro de 1988
  4. WERNECK, Humberto. Índices do sucesso, Caderno B do Jornal do Brasil de 9 de julho de 1988
  5. FIUZA, Sílvia Regina de Almeida. Dicionário da TV Globo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003. pág.203 ISBN 857110722-X
  6. Ficha de novela na Contigo.
  7. Evento mostra várias faces da intolerância - caderno Ilustrada do jornal Folha de São Paulo,1960-, 'requer assinatura' (30 de março de 1994).
  8. UCHÔA, Cláudio. Modelos tomam novela de assalto, TV Programa do Jornal do Brasil de 20 de junho de 1992
  9. Beleza sem máscaras (1997). REVISTA VINDE, Edição 16. Editora Visão Nacional de Evangelização, 1995-1998, mensal.
  10. Globalização gera 'mexicanização' de programas da TV brasileira - caderno Tv Folha do jornal Folha de São Paulo,1991-, 'requer assinatura' (2 de março de 1997).
  11. Resenha do seu Livro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Alice de Carli (em inglês) no Internet Movie Database