Amigurumi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amigurumi de urso de pelúcia

Amigurumi (編みぐるみ? lit. bicho de pelúcia feito de crochê) é uma técnica japonesa para criar pequenos bonecos feitos de crochê ou tricô. Apesar da popularidade de bichos de pelúcia e bonecas, a técnica também é usada para objetos como utensílios domésticos e comida de características antropomórficas.

Popularização[editar | editar código-fonte]

A criação de bonecos de crochê, apesar de costume milenar [carece de fontes?], ressurgiu no Japão apenas nos anos 80 acompanhando o mercado que tinha como foco jovens do sexo feminino que inundava prateleiras com produtos como a boneca Hello Kitty [nota 1] . Logo o desejo por brinquedos e objetos com aparência meiga, assim como a da boneca, criou demanda o suficiente para motivar revistas de grande audiência feminina a publicar receitas passo-a-passo de como criar amigurumis. A prática se popularizou e em 10 de Janeiro de 2002 a Associação Japonesa de Amigurumi foi criada [nota 2] , a técnica já então contava com vários livros e revistas de passo-a-passo disponíveis em japonês. Com a popularização da cultura japonesa ao redor do mundo, o amigurumi também ficou conhecido em outros países, principalmente por meio de fóruns e blogs em que receitas são criadas e distribuídas muitas vezes gratuitamente.

Técnica[editar | editar código-fonte]

Amigurumi de boneca

O amigurumi é constituído de formas geométricas, geralmente com cabeça e tronco em forma de esfera e membros cilíndricos. O corpo enfatiza olhos e cabeça grandes, com tronco mediano e membros desproporcionalmente pequenos. Cabeças podem ou não conter narizes e boca, com grande variedade nos materiais que podem ser usados para os olhos. Os tamanhos de um amigurumi pronto em sua maioria variam de 10 a 30cm, articulações feitas de arame são bastante utilizadas para que o boneco possa se manter em posições específicas.

A confeção de um amirugumi em crochê é feita com lã mediana e agulha 4mm. Apesar da multitude de técnicas, a prevalecente é o uso de ponto baixo aliado ao anel mágico que evita o furo junto ao centro da esfera, reduções invisíveis conhecidas como invisible decrease são usadas para manter a consistência do ponto impedindo que o recheio vaze.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Modern Japan:A social and political history:second edition por Elise K. Tipson página 216
  2. http://amigurumi.jp/01.html 20 de dezembro de 2011