Andrea Doria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrea Doria retratado por Sebastiano del Piombo.
Andrea Doria como Netuno, por Agnolo Bronzino.

Andrea Doria, ou D'Oria, (Oneglia, 30 de novembro de 1466Gênova, 25 de novembro de 1560) foi um condottiero e almirante da cidade-estado de Gênova.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Doria nasceu em Oneglia de uma antiga família genovesa. Seus pais eram Ceva Doria, co-senhor de Oneglia, e Caracosa Doria, do ramo Doria di Dolceacqua da família. Órfão ainda jovem, tornou-se mercenário, servindo primeiro a guarda papal e depois vários príncipes italianos.

Em 1503, estava lutando em Córsega a serviço de Gênova, naquele tempo sob vassalagem francesa, e tomou parte no levante de Gênova contra os franceses, que compeliu a evacuarem a cidade. Daquele tempo em diante, tornou-se famoso como comandante naval. Por vários anos, vasculhou o Mediterrâneo no comando da frota genovesa, guerreando contra os turcos e piratas bárbaros.

Guerras entre a França e o Império Romano[editar | editar código-fonte]

Enquanto Andrea Doria enfrentava piratas e turcos, Gênova foi recapturada pelos franceses e, em 1522, pelos Imperialistas.

Doria uniu-se aos franceses e passou a servir ao rei Francisco I de França, que tornou-o capitão-geral; em 1524, ele liberou Marselha, que havia sido cercada pelos Imperialistas, e ajudou a colocar sua cidade natal mais uma vez sob dominação francesa.

Insatisfeito com o tratamento que lhe era dado pelo governo de Francisco, que pagava-lhe pouco, indignou-se com o comportamento do rei em relação a Savona, que o rei demorava a devolver ao povo genovês como tinha prometido.

Conseqüentemente, ao expirar seu contrato, Doria passou a servir o imperador Carlos I de Espanha, em 1528.

Embarcações[editar | editar código-fonte]

Várias embarcações foram batizadas em homenagem ao almirante:

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Um episódio da série de televisão Seinfeld foi nomeado "The Andrea Doria". Nele, o personagem George Constanza e um sobrevivente do transatlântico Andrea Doria competem por um apartamento.

A banda de rock brasileira Legião Urbana escreveu uma canção chamada "Andrea Doria", que foi gravada em seu álbum Dois, de 1986, apesar de acreditar-se comumemente que a música era, na verdade, mais uma referência ao SS Andrea Doria do que ao líder militar Andrea Doria.

Andrea Doria também nomeou um clube de futebol da primeira metade do século XX em Genova. Na década de 1940, ele fundiu-se a outro clube da cidade, o Sampierdarenese, formando a tradicional Sampdoria.