Apocalypto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Apocalypto
Apocalypto (PT/BR)
 Estados Unidos
2006 • cor • 130 min 
Direção Mel Gibson
Roteiro Mel Gibson / Farhad Safina
Elenco Rudy Youngblood
Raoul Trujillo
Mayra Sérbulo
Mauricio Amuy Tenorio
Dalia Hernández

Morris Birdyellowhead

Género ação / drama / épico
Idioma maia
Página no IMDb (em inglês)

Apocalypto é um filme norte-americano de 2006, do gênero épico de ação e drama, realizado por Mel Gibson.

Com filmagens iniciadas 21 de novembro de 2005, Apocalypto estreou nos cinemas brasileiros em 26 de janeiro e nos portugueses a 4 de janeiro no ano de 2007 e conta uma história que se passa na península de Iucatã, antes da colonização espanhola, durante o período da civilização maia.

Todos os personagens do filme usam um dialeto maia falado na região do Iucatã. Alguns críticos alegaram que Mel Gibson, ao contrário do que fez em seu filme anterior, A Paixão de Cristo, não teria prezado a exactidão do relato histórico.[carece de fontes?]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O caçador Jaguar Paw (Garras de Jaguar, em português) vive com a sua mulher que está grávida, com o seu filho e com o seu pai numa idílica aldeia na selva da América Central. Quando um dia a sua aldeia é atacada por um outro povo, ele luta em um massacre no qual o seu próprio pai é assassinado. Garras de Jaguar consegue, apesar de tudo, esconder a sua família numa gruta, deixando-a em segurança. Juntamente com outros membros do seu povo, acaba por ser capturado e é levado para uma cidade Maia,na qual durante o percurso veem uma garota que faz um pressagio, existem controvérsias, mas Gibson não quis mostrar uma civilização, mas fazer um filme com muito suspense e adrenalina.

Lá as mulheres capturadas são vendidas como escravas e os homens são levados para uma pirâmide, onde serão mortos ritualmente. Quando chega a vez de Garras de Jaguar ser sacrificado, acontece um eclipse solar que é interpretado pelo sumo sacerdote como um sinal de que o deus-sol não necessita de mais sacrifícios e o pressagio começa.

Garras de Jaguar e outros prisioneiros são então levados para um campo onde terão que, literalmente, correr pelas suas vidas, enquanto lhes são disparadas flechas e pedras. Garras de Jaguar é bem sucedido na fuga matando o filho de Lobo Zero e consegue, mesmo gravemente ferido, embrenhar-se na selva, seguido por um grupo de guerreiros. Apos Garras de Jaguar matar alguns guerreiros começa a chover e a mulher dele acaba parindo na gruta em baixo da chuva.

Garras de Jaguar consegue matar todos com à excepção de dois guerreiros, que o seguem até uma praia. Consegue fugir de ambos, enquanto estes estão distraídos com a chegada de navios espanhóis. Garras de Jaguar acaba por conseguir chegar à sua aldeia destruída. Com a família reunida, procura um novo começo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Apocalypto teve recepção geralmente favorável por parte da crítica especializada. Em base de 37 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 68% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 7.3, usada para avaliar a recepção do público.[1]

Principais prémios e indicações[editar | editar código-fonte]

Óscar 2007 (EUA)

Globo de Ouro 2007 (EUA)

  • Recebeu uma indicação, na categoria de melhor filme estrangeiro.

BAFTA 2007 (Reino Unido)

  • Recebeu uma indicação, na categoria de melhor filme estrangeiro.

Referências

  1. Apocalypto (em inglês) Metacritic. Visitado em 24 de julho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]