Arquieparquia de Kottayam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquieparquia de Kottayam
Archidiœcesis Kottayamensis
Localização
País Índia
Estatísticas
Área 560 655 km²
Informação
Rito oriental
Criação da Diocese 29 de agosto de 1911
Elevação a Arquidiocese 12 de maio de 2005
Padroeiro Sagrado Coração de Jesus
São Pio X
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Mathew Moolakkattu
Jurisdição Arquieparquia
Contatos
Página Oficial www.kottayamad.org

A Arquieparquia de Kottayam (Kottayamensis) é uma arquieparquia da Igreja Católica Siro-Malabar situada na Costa do Malabar, em Kerala, na cidade de Kottayam, na Índia. É fruto da elevação do vicariato apostólico de Kottayam, que antes era parte do vicariato apostólico de Verapoly. Seu atual arquieparca é Mathew Moolakkattu, O.S.B. e seu bispo-auxiliar é Jose Pandarassery. Sua é a Catedral Cristo Rei, em Kottayam.

História[editar | editar código-fonte]

Foi estabelecido, em 1659, o vicariato apostólico do Malabar, como uma missão Carmelita, por ordem do Papa Alexandre VII, usando o rito oriental. Era ligado, na sua fundação, à Arquidiocese de Cranganore, que na época, era ligada à Diocese de Cochim. Apesar da tomada neerlandesa da região, antes dominada pelos portugueses, os católicos conseguiram manter o vicariato ativo.

Em 1709, por bula do Papa Clemente XI, o vicariato apóstolico de Malabar foi transformado em vicariato apostólico de Verapoly (em homenagem à ilha, onde estava sediado o vicariato).

Pela bula papal "Multa Praeclara", do Papa Gregório XVI, de 1838, as Sés de Cangranore e Cochim, que nessa época incluía Quilon, foram anexadas a este vicariato.

Pela carta Apostólica "Humanae Salutis Auctor", do Papa Leão XIII, em 1886, foi criada a Hierarquia da Índia, em que foram criadas várias arquidioceses, entre elas, a de Verapoly. Pela mesma carta, a Diocese de Cochim foi restabelecida.

Em 1887, forma separadas as igrejas do rito oriental das do rito romano. Pela Bula "Quod Jam Pridem", os adotantes do rito oriental estavam dispensados da jurisdição da nova arquidioceses, sendo criado vicariatos apostólicos específicos para os Cristãos do rito oriental naquela região. A região de Kottayam ficou subordinada ao vicariato apostólico de Changanacherry.

Em 29 de agosto de 1911, foi criado o vicariato apostólico de Kottayam. Em 21 de dezembro de 1923, os adotantes do rito oriental estavam dispensados da jurisdição da nova arquidioceses, sendo criado duas novas dioceses que seguiriam esse rito litúrgico, a de Trichur e de Kottayam.

O Papa João Paulo II, em 2003, decidiu que os rumos da Eparquia ficariam a cargo do Sínodo da Igreja Católica Siro-Malabar, sendo decisão do Sínodo a elevação da Eparquia. Em 12 de maio de 2005, foi elevado à Arquieparquia, no dia de festa do Sagrado Coração de Jesus.

Episcopados[editar | editar código-fonte]

Vigários apostólicos[editar | editar código-fonte]

Bispos[editar | editar código-fonte]

Arquieparcas[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]


Small Mitre.svg Arquidioceses Católicas da Índia Bandeira da Índia
Agra | Bangalore | Bhopal | Bombaim | Calcutá | Changanacherry | Cuttack-Bhubaneswar | Deli | Ernakulam-Angamaly | Gandhinagar
Goa e Damão | Guwahati | Hyderabad | Imphal | Kottayam | Madras e Meliapore | Madurai | Nagpur | Patna | Pondicherry e Cuddalore
Raipur | Ranchi | Shillong | Thalassery | Thrissur | Thiruvananthapuram | Tiruvalla | Trivandrum | Verapoly | Visakhapatnam