Arruda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaArruda
Ruta graveolens

Ruta graveolens
Estado de conservação
Segura
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Sapindales
Família: Rutaceae
Género: Ruta
Espécie: R. graveolens
Nome binomial
Ruta graveolens
Frutos e sementes - MHNT

A arruda (Ruta graveolens) é uma planta da família das Rutáceas.[1]

Também é denominada como arruda-fedida, arruda-doméstica, arruda-dos-jardins, ruta-de-cheiro-forte.

Subarbusto muito cultivado nos jardins em todo o mundo, devido às suas folhas, fortemente aromáticas. Atinge até um metro de altura, apresentando haste lenhosa, ramificada desde a base. As folhas são alternas, pecioladas, carnudas, glaucas, compostas, de até 15 cm de comprimento. As flores são pequenas e amareladas. O fruto é capsular, de quatro ou cinco lobos, salientes e rugosos, abrindo-se superior e inteiramente em quatro ou cinco valvas.

A medicina popular indica-a nos casos de supressão da menstruação, por seu efeito fortemente emenagogo. Também possui efeitos abortivos.

Suas folhas são utilizadas como chá com fins calmantes. Na forma de infusão (20 gramas para um litro de água), ou empregando-se as folhas secas em pó, combate os piolhos. "Durante a gravidez, a arruda tem efeito especial sobre o útero: ela congestiona este orgão, estimula dores musculares, provoca-lhes a contração, ocasiosa uma hemorragia grave,às vezes o aborto e a morte. Acrescentamos que o aborto é raro e que a administração dessa substância com um fim criminoso pode acarretar morte sem que haja parto." [2]

Uma crença popular de raiz africana, remontando aos tempos coloniais, dita que os homens usem um pequeno galho de folhas por cima de uma orelha, ou que um galho das mesmas seja mantida no ambiente, para espantar maus espíritos.

Desde a antiga Grécia, era usada para afastar doenças contagiosas. Os escravos africanos usavam-na contra mau-olhado. A igreja, no início da era cristão, fazia raminhos de arruda para espargir água-benta nos fiéis.[carece de fontes?]

Na antiga Roma a arruda (ou alguma das espécies do gênero Ruta) era usada como tempero para carnes.

Referências

  1. http://www.bemdesaude.com/content/arruda.html
  2. -Dictionanarie des plantes médicinales-Dr.A. Héraud.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Arruda

1 - APICII LIBRORVM X QVI DICVNTVR DE RE COQVINARIA - http://gutenberg.elib.com/gutenberg/1/6/4/3/16439/16439-h/16439-h.htm

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Sapindales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.