Artéria mesentérica superior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Artéria mesentérica superior
O pâncreas e o duodeno vistos de trás.
Gray534.png
Vista frontal da artéria mesentérica superior e seus remos. O grande vaso (azul) ao lado da AMS é a veia mesentérica superior.
Nome em Latim arteria mesenterica superior
Gray's subject #154 606
Vasculariza intestino
Origem aorta abdominal
Ramos artéria pancreaticoduodenal inferior
artéria cólica média
artéria cólica direita
ramos intestinais (artérias jejunais, artérias ileais)
artéria ileocólica
Veia veia mesentérica superior
MeSH A07.231.114.565.755
Dorlands/Elsevier a_61/12155072

A artéria mesentérica superior é responsável pela irrigação sangüínea de parte do pâncreas, todo o intestino delgado (exceto parte do duodeno), e de parte do intestino grosso. Origina-se da aorta abdominal, abaixo da origem do tronco celíaco.

Ramos[editar | editar código-fonte]

Ramo Vascularização
artéria pancreaticoduodenal inferior, tanto anterior como posterior cabeça do pâncreas e a parte descendente e inferior do duodeno
artéria cólica média colo transverso
artéria cólica direita colo ascendente
artérias jejunoileais ramos para o íleo, ramos para o jejuno
artéria ileocólica ou íleosecocólica (ramo terminal da artéria mesentérica superior) última parte do íleo, ceco, e apêndice vermiforme

Os ramos médio, direito e ileocecal anastomosam-se entre si para formar a artéria marginal ao longo da borda interna do colo. Esta artéria é completada por ramos vindos da artéria cólica esquerda, a qual é ramo da artéria mesentérica inferior.

Ícone de esboço Este artigo sobre sistema circulatório é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.