Artéria esplênica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Artéria esplênica (ou lienal)
A superfície visceral do baço.
Nome em Latim arteria splenica, arteria lienalis
Gray's subject #154 605
Vasculariza baço
Origem artéria celíaca
Ramos ramos pancreáticos
pancreática magna
gastro-omental esquerda
gástricas curtas
artérias trabeculares
Veia veia esplênica
MeSH A07.231.114.814
Dorlands/Elsevier a_61/12156021

A artéria esplênica (ou lienal) origina-se no tronco celíaco e segue um trajeto sinuoso, posterior à bolsa omental. Vasculariza o baço, mas também dá ramos para o pâncreas (artéria pancreática dorsal, artéria pancreática magna e artéria da cauda do pâncreas) e para o fundo do estômago (artérias gástricas curtas e artéria gástrica-omental esquerda).

Veia[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua trajetória, é acompanhada por uma veia com mesmo nome, a veia esplênica, que drena para a veia porta.

Patologias[editar | editar código-fonte]

Os aneurismas da artéria esplênica são raros, mas ainda são o terceiro aneurisma abdominal mais comum (depois dos aneurismas da aorta abdominal e das artérias ilíacas).

Ícone de esboço Este artigo sobre sistema circulatório é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.