Arthur O. Lovejoy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Arthur Oncken Lovejoy (Berlim, 10 de outubro de 1873Baltimore, 30 de dezembro de 1962), foi um influente filósofo e historiador estadunidense.

Fundador na área de pesquisa conhecida como história das idéias, seus estudos também incluem o Princípio da Plenitude e críticas acerca do movimento pragmático.

Obra (seleção)[editar | editar código-fonte]

  • Primitivism and Related Ideas in Antiquity (1935). (com George Boas). Johns Hopkins U. Press. edição de 1997: ISBN 0-8018-5611-6
  • The Great Chain of Being: A Study of the History of an Idea (1936). Harvard University Press. reimpresso por Harper & Row, ISBN 0-674-36150-4, 2005 paperback: ISBN 0-674-36153-9.
  • Essays in the History of Ideas (1948). Johns Hopkins U. Press. edição de 1978: ISBN 0-313-20504-3
  • The Revolt Against Dualism (1960). Open Court Publishing. ISBN 0-87548-107-8
  • Reflections on Human Nature (1961). Johns Hopkins U. Press. ISBN 0-8018-0395-0

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.