BNC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conectores BNC

BNC ou conector Bayonet Neil Concelman, (também conhecido no Brasil erroneamente por British Naval Connector) é um conector para cabos coaxiais tipo RG-58 e RG-59, em aplicações de RF que necessitam de um conector rápido, apto para UHFe de impedância constante. Muito utilizado em equipamentos de rádio de baixa frequência, equipamentos de CFTV e em instrumentos de medição.[1]

Foi também muito utilizado nas primeiras redes Ethernet, nos anos da década de 1980, mas acabaram substituídos nessa aplicação, junto com os cabos coaxiais, pelos conectores RJ45 para cabos UTP.

Historia[editar | editar código-fonte]

Detalhe da guia do pino

O conector recebeu o nome por sua trava tipo baioneta, um pequeno pino transversal que se encaixa numa guia. Leva também o nome de seus inventores, Paul Neill, dos Laboratórios Bell, que foi também o inventor do conector N, e de Carl Concelman, da empresa Amphenol, e também inventor do conector C. As bases teóricas para o desenvolvimento do conector BNC se baseiam no trabalho de Octavio M. Salati, graduando da Universidade da Pensilvania[2] .

Foram recriados muitos significados incorretos para o acrônimo BNC, como : Baby Neill-Concelman,Baby N connector, British Naval Connector e Bayonet Nut Connector.

Placa de rede antiga, com saída para conetor BNC

Outros conectores[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Catálogo Amphenol Connex. Página visitada em 17 de julho de 2011.
  2. Octavio M. Salati (17 de julho de 2011). ELECTRICAL CONNECTOR- U.S. Patent Office. 30 de janeiro de 1951.
Commons
O Commons possui multimídias sobre BNC
Ícone de esboço Este artigo sobre redes de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.