Video Graphics Array

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde setembro de 2010). Ajude e colabore com a tradução.
Conector VGA.
Porta VGA.

Video Graphics Array (VGA) é um padrão de gráficos de computadores introduzido em 1987 pela IBM, sendo também usado vulgarmente para designar o conector associado ao padrão. O nome correto para tal conector é D-SUB ou Conector DB.

Detalhes Técnicos[editar | editar código-fonte]

A especificação do VGA é a seguinte:

  • 256KBytes de memória de vídeo em RAM
  • Modos de 16 e de 256 cores
  • Paleta de 262144 cores (2^18: seis bits [64 valores] para cada uma das componentes de vermelho, verde e azul)
  • Clock mestre selecionável entre 25MHz ou 28MHz
  • Máximo de 800 pixels horizontais
  • Máximo de 600 linhas
  • Taxas de atualização de até 70 Hz
  • Modo planar: até 16 cores (4 planos de bits)
  • Modo packed-pixel: 256 cores (Modo 13h)
  • Suporte a rolagem de tela suave por hardware
  • Suporte a algumas operações de 'Raster'
  • 'Barrel shifter'
  • suporte a divisão de tela
  • Fontes por software

Truques de Programação[editar | editar código-fonte]

Um modo de vídeo de 256 cores não documentado, mas popular, chamado Modo X foi usado para disponibilizar técnicas de programação e resoluções gráficas que não eram possíveis no Modo 13h. Eram possíveis diversos modos de resolução maiores, mas o 320x240 foi o melhor conhecido e o mais freqüentemente utilizado pois era uma resolução com proporção 4:3 e pixels quadrados. Outra funcionalidade popular do Modo X era a técnica de page-flipping, também conhecida como buffer duplo. O Modo 13h oficial não dispunha desta facilidade, portanto, modos de 256 cores com buffer duplo eram apenas acessíveis através do Modo X. Também era possivel utilizar esta técnica em alguns modos de 16 (ou menos) cores.

Modos Texto[editar | editar código-fonte]

Os modos alfanuméricos do padrão VGA, também conhecidos como modos texto, têm 80x25 ou 40x25 caracteres. A coloração de cada um destes caracteres é codificada usando-se 8 bits: pode-se escolher uma dentre 16 cores (4 bits) para o caractere e a cor de fundo é selecionada entre 8 opções (3 bits), sendo que o bit restante indica se o caractere é piscante ou não.

Adaptadres VGA costumam dar suporte a ambos modos texto monocromático e colorido, mesmo que o modo monocromático seja raramente usado. Em praticamente todos os adaptadores VGA modernos, texto monocromático é desenhado em cor cinza sobre fundo preto no modo texto colorido.

No modo texto cores, cada caracter é representado por dois bytes. O byte menos significativo guarda o código do caracter e o outro byte é usado para selecionar vários atributos de vídeo como cor, piscagem, conjunto de caracteres utilizado, e assim por diante...

Detalhes de Endereçamento[editar | editar código-fonte]

A memória de vídeo do VGA é mapeada na memória do PC através de uma região de endereços entre 0xA0000 e 0xBFFFF no espaço de endereçamento do modo real. Tipicamente usa-se:

  • 0xB000 para conteúdo de texto monocromático
  • 0xB800 para texto colorido e modos gráficos compatíveis com CGA
  • 0xA000 para modos gráficos EGA/VGA

Devido ao uso de endereços base distintos para diferentes modos de vídeo é possível ter um adaptador monocromático e um adaptador em cores como VGA, EGA, ou CGA instalados em uma única máquina. No começo dos anos 80, isso era usado para, por exemplo, exibir planilhas do Lotus 1-2-3 em texto de alta-resolução e os gráficos em CGA de baixa-resolução.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.