Bao Dai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bảo Đại
Bao Dai
保大
Imperador do Vietname
Bao Dai
Governo
Reinado 8 de janeiro de 192625 de agosto de 1945
Rainha Nam Phương
Consorte Phu Ánh
Hoang
Bùi Mộng Điệp
Monique Vinh Thuy
Antecessor Khải Định
Herdeiro Bảo Long
Casa Real Nguyen
Dinastia Dinastia Nguyen
Vida
Nome de nascimento Nguyễn Phúc Vĩnh
Nascimento 22 de outubro de 1926
Huế, Indochina Francesa
Morte 30 de julho de 1997 (70 anos)
Paris, França
Sepultamento Cemitério de Passy
Pai Khải Định
Mãe Hoang Thi Cuc
Assinatura Assinatura de Bảo ĐạiBao Dai保大

Bảo Đại (保大, ou Bao Dai na escrita ocidentalizada; Huế, 22 de outubro de 1913Paris, 30 de julho de 1997) foi o último imperador do Vietnã (1926—1945), décimo-terceiro da dinastia Nguyen.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Nasceu como príncipe Nguyễn Vĩnh Thụy em Huế, que era então capital do país. Seu pai foi o imperador Khai Dinh. Depois de ter estudado na França, tornou-se imperador em 1925, após a morte do pai. Naquele momento o Vietname ainda era colônia francesa, e Bảo Đại tinha que se submeter em parte à decisões da França. (O Vietnã era parte da chamada Indochina francesa).

Em 20 de março de 1934, na cidade de Huế, Bảo Đại casou-se com Jeanne Marie-Thérèse (Mariette) Nguyen Huu-Hao Thi Lan, que recebeu o nome de Hoang Hau Nam Phuong, ou "Imperatriz perfume do sul".

Bao Dai teve quatro outras esposas, três das quais se uniram-se com ele enquanto ele ainda mantinha casado com Nam Phuong: Phu Anh, uma prima, com quem se casou por volta de 1935; Hoang, uma chinesa, com quem se casou em 1946 (tiveram uma filha); Bui Mong Diep, com quem se casou em 1955 (duas crianças); e finalmente Monique Baudot, cidadã francesa com que se casou em 1972 e a quem Bao Dai nomeou inicialmente princesa Monique Vinh Thuy, depois Thai Phuong Hoang-Hau.

Bảo Đại morreu em um hospital militar de Paris em 31 de julho de 1997. Foi enterrado no cemitério de Passy, naquela cidade. Após sua morte o filho mais velho, Bảo Long, herdou a posição de líder da família imperial no exílio.

Colonialismo[editar | editar código-fonte]

Em 1940 (durante a Segunda Guerra Mundial), coincidindo com a invasão alemã sobre a França, os japoneses invadiram a Indochina. Apesar de não terem expulsado as autoridades francesas, os japoneses dirigiam extra-oficialmente a política da região, paralelamente com o governo de Vichy da França.

O Vietnã, que passou a maior parte da guerra sob ocupação japonesa, era administrado oficialmente pela França. Durante esse período, o líder comunista vietnamita Ho Chi Minh, exilado na China, tinha formado uma frente para a independência chamada Vietminh (1941). Quando Chiang Kai-shek mandou prender Ho Chi Minh, os norte-americanos, gratos pela ajuda dos guerrilheiros do Vietminh contra o Japão, conseguiram sua libertação. Em março de 1945, os japoneses expulsaram os franceses do Vietnã.[2]

Os japoneses haviam prometido não interferir com a corte em Hué, mas em 1945, Bao Dai foi forçado a declarar independência do Vietname em relação à França, e união do país à chamada Grande Esfera de Co-Prosperidade Oriental Asiática, nome eufemístico para o império que o Japão estava construindo. Japoneses e o sucessor vietnamita, príncipe Coung De, tinha um plano de tomar o poder caso Bao Dai se recusasse a cooperar com o Japão. Os japoneses renderam-se aos aliados em agosto de 1945; os comunistas do Viet Minh, liderado por Ho Chi Minh, tentaram tomar o poder.

Com ajuda japonesa, Ho Chi Minh persuadiu Bảo Đại, forçando-o a abdicar em 25 de agosto de 1945 e levando-o a entregar o poder ao Viet Minh. Bảo Đại foi indicado como "conselheiro supremo" no novo governo estabelecido em Hanói.

Com o recrudescimento da violência no país — facções rivais lutando entre si e contra a recolonização francesa — Bảo Đại deixou o país por um ano, partindo como conselheiro para Hong Kong e para a China. A França persuadiu Bảo Đại a voltar em 1949 como chefe de estado (Quoc Truong), mas não imperador. O novo chefe de estado ficou pouco tempo em seu país, retornando para a França e mostrando grande desinteresse em questões vietnamitas que não lhe afetassem diretamente. Mas a guerra entre a França e o Viet Minh continuava, vindo a acabar somente em 1954 — pouco depois da vitória de Dien Bien Phu, por parte dos vietnamitas.

Os americanos, assustados com o avanço do comunismo implantado por Ho Chi Minh, começaram a opor-se a ideia de um Vietnã unificado comandado por uma só pessoa. Com a consolidação de um Governo comunista ao norte, iniciou-se a divisão do Vietnã em duas partes. Ao norte, surgiu a República Democrática do Vietnã (com capital em Hanói), reconhecida pela China e pela União Soviética em 1950. No sul, no mesmo ano, a França formou um governo oposto, com sede em Saigão e administrado pelo imperador Bảo Đại, reconhecido pelos EUA, Reino Unido e pelas Nações Unidas.

A paz firmada em 1954 entre a França e o Viet Minh dividiu oficialmente o país em Vietnã do Norte e Vietnã do Sul. Bảo mudou-se para Paris. Continuou como chefe de estado do Vietnã do Sul, indicando o nacionalista religioso Ngô Dình Diem como primeiro-ministro.

Entretanto, em 1955 Diem usou um referendo para remover Bảo Đại do poder e declarar a república, tomando o controle do Vietnã do Sul para si, com apoio americano. O referendo foi apontado como fraudulento, pois o resultado de 98% a favor de Diem, ficou bastante forçado na época. Bảo Đại abdicou mais uma vez ao trono vietnamita e exilou-se na capital francesa, convertendo-se ao catolicismo.

Referências

  1. Enciclopédia Britânica — Biografia
  2. Nosso Tempo: "Argélia e Vietnã se revoltam", pg 338—339. Editora Klick. São Paulo (1995)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bảo Đại. Le dragon d'Annam (em francês). Paris: Plon, 1980. ISBN 9782259005210
  • Bảo Đại. Con rong Viet Nam: hoi ky chanh tri 1913–1987 (em vietnamita). Los Alamitos, CA: Nguyen Phuoc Toc (distributed by Xuan Thu Publishing).
  • Bruce McFarland Lockhart. The End of the Vietnamese Monarchy. New Haven, CT: Yale Center for International and Area Studies. Capítulo: Lac Viet Series. , vol. 15. ISBN 9780938692508

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bao Dai


Precedido por
Khai Dinh
Early Nguyen Dynasty Flag.svg
Chefe da Dinastia Nguyễn e Imperador do Vietnam

de 8 de janeiro de 1946 — 25 de agosto de 1945
Sucedido por
Abdicado