Chiang Kai-shek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Chiang Kai-shek
蔣介石
蔣中正
Chiang Kai-shek
Chefe do Governo Nacional da China Commander-in-Chief Flag of the Republic of China.svg
Mandato 10 de outubro de 1928
até 15 de dezembro de 1931
Antecessor(a) Gu Weijun
Sucessor(a) Lin Sen
Mandato 1 de agosto de 1943
até 20 de maio de 1948
Vida
Nascimento 31 de Outubro de 1887
Zhejiang
Morte 5 de abril de 1975 (87 anos)
Taipei, Taiwan
Nacionalidade China chinês(esa)
Dados pessoais
Cônjuge Mao Fumei
Yao Yecheng
Chen Jieru
Soong May-ling
Partido Kuomintang
Religião Cristã
Profissão Militar
Serviço militar
Apelido(s) "Generalissimo"
"General Vermelho"
Lealdade República da China República da China
Anos de serviço 1923-1975
Graduação Generalissimo
Batalhas/guerras Revolução Xinhai
Expedição do Norte
Guerra Civil Chinesa
Segunda Guerra Sino-japonesa
Condecorações Legion of Merit

Chiang Kai-shek ou Jiang Jieshi (31 de outubro de 1887 - 5 de abril de 1975) foi um militar e político chinês que assumiu a liderança do Kuomintang (um partido político conservador da China na época) depois da morte de Sun Yat-sen, em 1925.

Ele comandou a Expedição do Norte, que tinha como objetivo unificar a China contra os chamados Senhores da guerra da China, que dominavam algumas regiões do país. Saiu vitorioso em 1928, como o líder da República da China.

Foi escolhido o Homem do Ano em 1937, juntamente com Soong May-ling.

A República da China caiu na Segunda Guerra Sino-japonesa com o Império do Japão invadindo a Manchúria, em 1937; o que fragilizou a imagem de Chiang dentro da China, mas cresceu externamente. Durante a Guerra Civil Chinesa (1926-1949), ele tentou erradicar os comunistas chineses, mas falhou nessa tentativa, e se viu tendo que recuar seu governo para Formosa (também conhecida como Taiwan), onde continuou atuando, agora como presidente da República da China nessa ilha. Em 27 de julho de 1953, foi assinado um acordo de paz em Pan Munjon, estabelecendo as fronteiras sobre o paralelo 38º Norte e a aproximando a União Soviética e os Estados Unidos. Encerrava-se a fase crítica.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Roberts, John A. G., History of China (título original), Palgrave MacMillan, 1999 (primeira edição), 2006 (segunda edição), ISBN 978-989-8285-39-3

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chiang Kai-shek