Chen Shui-bian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chen Shui-bian
Tân Chúi-píⁿ

Chen Shui-bian (Tainan, 12 de outubro de 1950) é um político e ex-presidente de Taiwan.

Formado em Administração e Direito, ele foi chefe do executivo do país por dois mandatos consecutivos, de 2000 a 2008. Depois de deixar a presidência, Chen e sua esposa Wu Shu-chen, foram acusados de fraude, corrupção e lavagem de dinheiro, num desfalque total de cerca de US$ 17 milhões, julgados e condenados à prisão perpétua pela corte de Taipei, em 11 de setembro de 2009.[1]

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.