Apollo 8

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Apollo 8
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Módulo de comando CM-103
massa 28 817 kg
Módulo de serviço SM-103
Módulo lunar Lunar Test Article (LTA-B)
massa 9 026 kg
Número de tripulantes 3
Base de lançamento Cabo Kennedy
Lançamento 12:51:00, 21 de dezembro de 1968 (UTC)
Aterrissagem 15:51:42, 27 de dezembro de 1968 (UTC)
8.7° N 165° 1.2' O
Órbitas 10 órbitas lunares
Duração 6 d 03 h 00 m 42 s
Imagem da tripulação
Esq. p/ dir.: Anders, Lovell, Borman.
Esq. p/ dir.: Anders, Lovell, Borman.
Navegação
Último
Último
AP7lucky7.png Apollo 7
Apollo-9-patch.png Apollo 9
Próximo
Próximo

Apollo 8 foi a segunda missão tripulada do Projeto Apollo . A missão decolou em 21 de dezembro de 1968 e retornou em 27 de dezembro de 1968.

Embora os astronautas Frank Borman, James Lovell e William Anders não tenham pousado no solo lunar, na noite de Natal de 1968 eles foram os primeiros homens a circum-navegar a Lua, enviando inéditas fotos do solo lunar. Adicionalmente eles foram os primeiros humanos a abandonar a órbita terrestre.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Tripulação de Backup[editar | editar código-fonte]

Parâmetros da missão[editar | editar código-fonte]

Missão[editar | editar código-fonte]

Esta missão não estava planejada inicialmente, mas foi escalada na última hora para evitar que os soviéticos fossem os primeiros a levar homens a circum-navegar a Lua. Esta possibilidade era iminente pois os soviéticos acabavam de ser bem sucedidos em circum-navegar a Lua, em missões Zond não tripuladas.

A missão tinha um componente de risco já que, pelo cronograma alterado, o Módulo Lunar não havia sido ainda terminado. Como o motor do Módulo Lunar servia como motor reserva para o retorno a Terra, caso o motor principal falhasse, eles teriam apenas uma chance de retornar da Lua. Tudo correu bem, e a missão foi um sucesso, colocando os Estados Unidos pela primeira vez a frente da URSS na corrida pela conquista da Lua, já que as missões Zond tripuladas foram atrasadas por problemas no programa espacial soviético (estas missões jamais ocorreriam).

O sucesso desta missão, acompanhada pelo maior número de pessoas até então ao redor do mundo, pavimentou o caminho para a Apollo 11 e o pouso na Lua no ano seguinte, com o próprio Neil Armstrong, comandante dessa missão.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

(em inglês)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Apollo 8

(em inglês)