Sputnik I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sputnik 1
Modelo do Sputnik 1

Operação  União Soviética
Tipo de missão Estudos atmosféricos
Contratante Soviet Ministry of Radiotechnical Industry
Satélite da Terra
Lançamento 04 de Outubro de 1957 às 19:28:34 UTC
Local CazaquistãoCosmódromo de Baikonur, Cazaquistão
Veículo de Lançamento Sputnik
Duração da missão 90 dias
Massa 83.6 kg
Site oficial NASA NSSDC Master Catalog
Elementos orbitais
Semieixo maior 6,955.2 km (4,321.8 mi)
Excentricidade 0,05200999975204468
Inclinação 65,0999984741211º
Apoastro 939,0 km
Periastro 215,0 km
Período orbital 96,19999694824219 minutos
Instrumentos
Micrometeorite Detector Este instrumento foi concebido para a detecção de pequenos micrometeoritos no espaço.

Sputnik 1 foi a primeira missão do Programa Sputnik, que enviou o primeiro satélite artificial da Terra. A missão foi lançada pela URSS em 4 de outubro de 1957 do Cosmódromo de Baikonur.[1] O Sputnik era uma esfera de aproximadamente 50cm e pesando 83,6 kg.

Ele não tinha nenhuma função, a não ser transmitir um sinal de rádio, "beep", que podia ser sintonizado por qualquer radio-amador.

O satélite orbitou a Terra por três meses antes de cair. Seu foguete lançador, chamado R.7, pesava 4 toneladas e entrou em órbita também. Ele foi projetado originalmente para lançar ogivas nucleares.

O Sputnik 1 foi o primeiro satélite artificial a ser lançado pela antiga União Soviética e o primeiro satélite a ser lançado também pela humanidade. Seu lançamento abriu, simbolicamente falando, a "porta" para o começo da corrida espacial entre Estados Unidos e URSS.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MOLINA,Eder Cassola. . "Gira-gira ao redor da Terra". Ciência hoje das crianças: 8-11.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Sputnik I