Indústria aeroespacial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde dezembro de 2012). Ajude e colabore com a tradução.

Indústria aeroespacial é a atividade industrial envolvida na pesquisa, projeto, fabricação e operação de aviões, foguetes e outros veículos de transporte aéreo e espacial.

O satélite AIM da NASA, sendo montado numa sala limpa.

A indústria aeroespacial, abrange um campo muito amplo de atividades com aplicações nas áreas comercial, industrial e militar. Muitas fusões ocorreram nas indústrias aeroespacial e de defesa nas últimas décadas. Entre 1988 e 2010, mais de 5.452 fusões e aquisições ocorreram movimentando um total de US$ 579 bilhões.[1] As maiores transações incuíram: a fusão da Boeing com a McDonnell por US$ 13,4 bilhões em 1996,[2] Marconi Electronic Systems, uma subsidiária da General Electric, foi adquirida pela British Aerospace por US$ 12,9 bilhões em 1999[3] tornando-se a BAE Systems, e a Raytheon adquiriu a Hughes Aircraft por US$ 9,5 bilhões em 1997.


No Brasil[editar | editar código-fonte]


Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.