Setor económico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A figura ilustra as percentagens de cada setor na economia de um país. Nela também se pode observar que os países com maiores níveis de desenvolvimento socioeconómico tendem a ter maior ênfase (maior percentagem) no setor terciário do que no primário ou secundário, já nos países menos desenvolvidos ocorre o inverso.
Os três setores segundo Fourastié.
Modelo de setores de Clark.

A composição clássica dos setores da economia é a seguinte:[1]

  • Primário: envolve a extração e/ou produção de matérias-primas, como o milho, o carvão, a madeira ou o ferro. Exemplos de trabalhadores do setor primário podem ser um mineiro de carvão e um pescador.
  • Secundário: envolve a transformação de matérias-primas em bens, como o fabrico de aço para carros ou têxteis para roupas. Exemplos de trabalhadores do setor secundário podem ser um construtor civil e um costureiro.
  • Terciário: envolve o fornecimento de serviços a consumidores e/ou empresas, como o baby-sitting, o cinema ou o bancário. Exemplos de trabalhadores do setor secundário podem ser um lojista e um contabilista.

No século XX, começou a ser discutido que dos serviços terciários tradicionais poderiam ainda ser distinguidos mais dois setores de serviços, o quaternário e o quinário.[2]

Uma economia pode incluir vários setores (também chamados de indústrias), que evoluíram em fases sucessivas:

Mesmo nos tempos modernos, os países em desenvolvimento tendem a confiar mais nos dois primeiros setores, em comparação com os países desenvolvidos.

Por propriedade[editar | editar código-fonte]

Uma economia também pode ser dividida por propriedade:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Zoltan Kenessey. The Primary, Secondary, Tertiary and Quaternary Sectors of the Economy (PDF) The Review of Income and Wealth. Visitado em 20 de abril de 2012.
  2. Matt Rosenberg (14 de janeiro de 2007). Sectors of the Economy About.com. Visitado em 20 de abril de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.