Barragem de Castelo de Bode

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barragem de Castelo de Bode
Barragem Castelo Bode.JPG
Localização
Concelho Tomar, Santarém
Bacia hidrográfica Tejo
Curso de água Rio Zêzere
Dados gerais
Utilização Abastecimento, Energia, Defesa contra cheias, Recreio
Inauguração 1951
Características da barragem
Tipo Betão, Gravidade com curvatura
Altura 115 m
Cota do coroamento 124,3 m
Fundação Gneisse e micaxisto
Características da albufeira
Capacidade total 1 095 000 000
Capacidade útil 900 500 000
Pleno armazenamento 121 m
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Barragem de Castelo de Bode

A barragem de Castelo do Bode é uma das mais importantes barragens portuguesas. Faz parte do conjunto de barragens da bacia do rio Zêzere, em Portugal, tendo a montante a barragem da Bouçã. Situa-se nos limites dos concelhos de Tomar e Abrantes no distrito de Santarém. É uma das mais altas construções de Portugal.

A barragem de Castelo de Bode é utilizada para abastecimento de água, designadamente a Lisboa, produção de energia eléctrica, defesa contras as cheia e actividades recreativas. É utilizada pelos adeptos de desportos como o windsurf, vela, remo, motonáutica e jet ski, bem como da pesca desportiva (truta, achigã, enguias e lagostim vermelho).

Considerações técnicas[editar | editar código-fonte]

Barragem[editar | editar código-fonte]

A construção da barragem iniciou-se em 1945 e foi dada por terminada em 1951, sob a direcção do projectista eng. A. Coyne. A empresa construtora foi Moniz da Maia & Vaz Guedes.

A barragem é de betão, por gravidade, mas com curvatura. A altura máxima acima da fundação é de 115 metros. A cota do coroamento é de 124,3 m, e o comprimento do coroamento é de 402 m. As fundações são de gneisse e micaxisto. A barragem tem um volume total de betão 430 000 m³.

Albufeira[editar | editar código-fonte]

A albufeira localiza-se numa área de precipitação média anual de 1200 mm. O caudal integral médio anual é de 2 352 000 000 m³. O caudal de cheia milenar é de 4 750 m³/s. O nível de pleno armazenamento (NPA) é de 121,00 m, e o nível de máxima cheia (NMC) de 122,00 m. A área da albufeira ao nível de pleno armazenamento é de 32 910 000 m². A capacidade total é 1 095 000 000 m³, mas a sua capacidade útil é só de 900 500 000 m³.

Descarregador de cheias[editar | editar código-fonte]

A barragem dispõe de um descarregador de cheias, de tipo orifício controlado por duas comportas. A cota da crista da soleira do descarregador é de 105 m, e o respectivo desenvolvimento da soleira atinge os 28 m. O caudal máximo descarregado é de 4 000 m³/s.

Central hidroeléctrica[editar | editar código-fonte]

A barragem dispõe de uma central hidroeléctrica, com três grupos geradores de electricidade. A potência instalada é de 159 MW e a energia produzida em ano médio atinge 396,5 GWh.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]