Batalha de Varsóvia (1939)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2014)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Batalha de Varsóvia
Invasão da Polônia (1939)
Warsaw 1939 Polish POWs.jpg
Soldados poloneses marcham para cativeiro, em 30 de setembro, após a capitulação.
Data 8 a 28 de Setembro de 1939
Local Varsóvia, Polônia
Desfecho Vitória da Alemanha
Combatentes
Flag of German Reich (1935–1945).svg Alemanha Flag of Poland.svg Polônia
Comandantes
Flag of German Reich (1935–1945).svg Johannes Blaskowitz Flag of Poland.svg Walerian Czuma
Forças
~175.000 homens ~124.000 homens
Baixas
~1,500 mortos ~6,000 mortos

A batalha de Varsóvia de 1939 foi a maior batalha ocorrida durante a invasão da Polônia pela Alemanha Nazi, na Segunda Guerra Mundial. Ela envolveu, de um lado, as tropas da Alemanha e, do outro, tropas do Exército Polonês e uma pequena milícia de civis voluntários de Varsóvia.

Em 1º de setembro de 1939, a cidade começou a ser bombardeada pelos aviões da Luftwaffe.

O centro de Varsóvia queima, após ataque aéreo.

A luta em terra começou em 8 de setembro, quando os primeiros tanques alemães chegaram à área de Wola e aos subúrbios do sul e oeste da cidade. O cerco à cidade durou até 28 de setembro, quando a guarnição polonesa do general Walerian Czuma capitulou. No dia seguinte, aproximadamente cem mil soldados poloneses deixaram a cidade ou foram aprisionados. Em 1° de outubro, a Wehrmacht entrou em Varsóvia.


A ocupação alemã durou até a libertação da cidade, pelos aliados, em 17 de janeiro de 1945.

Resistência e capitulação[editar | editar código-fonte]

A invasão e tomada de Varsóvia parecia uma ação extremamente fácil. Afinal, a superioridade militar alemã ficara evidente em batalhas anteriores. Porém, uma resistência inesperada foi encontrada. Embora militarmente inferiores, os poloneses ofereceram uma dura resistência aos ataques da infantaria alemã. Todavia, apesar de ter resistido bravamente, Varsóvia caiu após 16 dias de combate.

Entre os poloneses, houve aproximamente 6.000 mortos e 16.000 feridos. Após a capitulação, cerca de 5.000 oficiais e 97.000 soldados e sub-oficiais foram feitos prisioneiros. Entre a população civil, houve 25.800 mortos e aproximadamente 50.000 feridos. Como resultado dos bombardeios, 12% das edificações da cidade ficaram destruídas. Não houve lista oficial das baixas alemãs, mas as estimativas são de 1.500 mortos e 5.000 feridos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Varsóvia (1939)



Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História da Polônia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.