Benelux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Benelux
Bandeira da Benelux
Europe location BENELUX.png

Os estados-membros da Benelux no continente europeu.
Fundação 1943
Tipo Organização internacional
Sede Bruxelas
Membros  Bélgica
 Países Baixos
 Luxemburgo
Línguas oficiais Neerlandês e Francês
Líderes Bélgica Alberto II da Bélgica
Países BaixosGuilherme Alexandre dos Países Baixos
LuxemburgoGrão-Duque Henrique
Sítio oficial [1]

Benelux é uma organização económica da Europa, que gerou o que seria mais tarde a União Europeia.[1] Compreende a Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo, sendo inicialmente uma área de livre comércio entre estes três países, e mais tarde, a adição da Itália, Alemanha e França acabou por criar a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA). Posteriormente com a adição de mais países criou-se a Comunidade Económica Europeia (CEE)

O Tratado de criação do Benelux (Union Économique Benelux) logo depois da segunda guerra mundial em 1944, pela Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo, e entrou em vigor em 1 de novembro de 1960. O nome Benelux foi utilizado pela primeira vez neste tratado; é formado pelas iniciais dos nomes dos três países: BElgië/BElgique, NEtherland e LUXembourg. O Benelux tinha como objetivos estimular o comércio e eliminar as barreiras alfandegárias.

Política[editar | editar código-fonte]

A organização é regida pelo denominado Parlamento da Benelux, fundado em 1955. O Parlamento é composto de 49 membros, sendo 21 da Bélgica, 21 dos Países Baixos e 7 de Luxemburgo. O tratado que estabeleceu oficialmente a Benelux garante também o direito de livre comércio e deslocamento de cidadãos entre os países-membros, dando-lhes total estímulo comercial. Bruxelas, além de ser a sede da UE, também é reconhecida como a cidade-sede da Benelux.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]