BloodRayne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
BloodRayne e BloodRayne 2
Produtora Terminal Reality
Editora(s) Majesco
Plataforma(s) PC, Macintosh, PlayStation 2, Xbox 360
Gênero(s) Ação
Modos de jogo Single player em terceira pessoa
Média CD
Controles teclado, mouse

Bloodrayne é um jogo de ação em terceira pessoa, desenvolvido para consoles como PC, Playstation 2, Game Cube e XBox, criado pela produtora americana Terminal Reality e distribuído pela Majesco. A série é composta por: Bloodrayne (2002), Bloodrayne 2(2004). Há também um filme Bloodrayne, dirigido por Uwe Boll e estrelado por Kristanna Locken, mas não é considerado canônico, além de ter sido um fracasso de bilheterias. Uma continuação, Bloodrayne II: Deliverance, foi lançada em 2008.

Rayne[editar | editar código-fonte]

A protagonista Rayne, é uma dhampir, ruiva, ágil e muito sensual. Sua principal arma são as "Blades", laminas que ela usa para cortar os inimigos. No game Bloodrayne 2, ela ganha uma nova arma, a Carpathian Dragon, uma arma que utiliza sangue como munição. Além disso, Rayne possui a "Visão Aurea", na qual ela vê tudo por uma AURA roxa, na qual ela pode encontrar alvos e passagens secretas. Ela possui também a "Dilated Vision", na qual, graças a rapidez de seu pensamento, o tempo desacelera, e Rayne assim pode escapar de balas. Rayne foi dublada por Laura Bailey, uma atriz-dubladora texana.

Mais ou menos em 1916, uma mulher foi seduzida por um vampiro, e dessa união nasceu uma dhampir, meio humana e meio vampira, chamada Rayne. Mais tarde, o vampiro (cujo nome não é revelado no primeiro game) mata a família de Rayne, quando ela ainda era muito pequena. Depois ela foi criada pelo Professor Truman, que lhe ensinou sobre os vampiros e a escuridão, até que ela foi recrutada pela Sociedade Brimstone.

Bloodrayne[editar | editar código-fonte]

Lançado em 2002, o jogo se passa na época pouco antes da Segunda Guerra Mundial, entre 1933-1939. Rayne, uma dhampir, meio humana e meio vampira, é recrutada pela misteriosa Sociedade Brimstone, para lutar contra criaturas sobrenaturais e vampiros.

Tudo começa quando Rayne e sua mentora, outra dhampir tibetana chamada Mynce, são enviadas para uma missão numa cidade da Louisiana, chamada Mortton, cujos habitantes estão sofrendo de uma praga que os transformou em "Mutados", um tipo de zumbi. A missão termina tragicamente, com a "morte" de Mynce, e a quase morte de Rayne, causada por um misterioso alemão.

Cinco anos depois, Rayne é enviada até uma base nazista na Argentina, informada que os nazistas estão a procura de uma antiga relíquia. É aí que ela descobre sobre a GGG (Gegengheist Group) uma sociedade alemã nazista que está atrás de relíquias antigas, que pertencem a um antigo demônio chamado Beliar. O chefe da GGG, o misterioso alemão, Jurgen Wullf (o antangonista da história) está utilizando essa relíquias em sí mesmo para aumentar a sua força. Ainda na base da Argentina, Rayne descobre que os nazistas libertaram uma espécie, uma raça de parasitas demoniacos, chamado de Daemites. No fim da missão, Rayne recupera o "Olho de Beliar", que acaba implantando no seu próprio corpo.

A Última missão do jogo, se passa na Alemanha, no ""Castelo Gaustadt", o lar dos vampiros, onde Jurgen Wullf está atrás da última e mais poderosa relíquia: O Coração de Beliar. Ainda no Castelo, Rayne descobre que Mynce estava viva e ataca Rayne. As duas lutam, até que Mynce supostamente morre. Logo depois, ela ressurge, e revela que estava trabalhando como uma agente dupla, para Brimstone e para a GGG, mas após, Mynce é morta por Jurgen, que arranca o coração dela. Rayne segue então para matar Jurgen—e vingar a morte da amiga—até que descobre que Hedrox, um outro vampiro, acaba ressussitando o próprio Beliar, e então dá-se inicio a luta final de game.

Chefões do jogo (Quase todos membros da GGG): Komando, Dra. Bathory Mengele, General D. Mauler, Sacerdote Von Blut, Os "Gêmeos Doppelganger" Sigmund e Simon Krieger, Hedrox o Infinito, Beliar e Jurgen Wullf.

Bloodrayne 2[editar | editar código-fonte]

Lançado em 2004, o game se inicia com um vídeo, mostrando que o pai de Rayne, o Mestre dos Vampiros, Kagan, havia morrido em 1938, durante uma explosão no QG da Sociedade Brimstone. Desiludida por não ter vingado-se de seu pai, Rayne passou os 60 anos seguinte atrás dos servos e aliados de seu pai. No início do século 21 (Provavelmente 2004 ou 2002), Rayne, que embora tenha 80 anos tem a aparencia de 20, descobre que alguns vampiros poderosos, entre eles outros dhampir's filhos de Kagan, uniram-se para criar o "Culto de Kagan" que criou "A Relíquia", um poderoso artefato que os torna imúnes ao sol e às fraquezas dos vampiros. Rayne, vai atrás do Culto e descobre que seu pai na verdade está vivo, e precisa ser impedido. Durante o jogo, ela é ajudada por Severin, seu aliado (e possivelmente seu interesse romântico).

Chefões do jogo (Membros do Culto de Kagan): Zerenski, Ferril, Ephemera, Xerx Mephistofeles, Slezz e Kagan.

Bloodrayne PSP[editar | editar código-fonte]

A Majesco, produtora dos games Bloodrayne, havia anunciado o lançamento do terceiro game da série Bloodrayne para PSP, mas foi cancelado devido à crise economica da mesma. O game traria novidades à série, como por exemplo a possibilidade de dois jogadores, o que não aparecia nos games anteriores. Fans temem que um terceiro instalamento jamais seja realizado, pois a Majesco ainda não vendeu os direitos da série.

Comic Books[editar | editar código-fonte]

Uma série de Comic Books da BloodRayne foram lançados até agora nos Estados Unidos. O próximo Comic Book a ser lançado, Tibetan Heights, é esperado para Março de 2007 e contará como Rayne conheceu a sua mentora e amiga Mynce.

Lista dos títulos dos comic books lançados:

  • Skies Afire
  • Seeds of Sin
  • Lycan Rex
  • Dark Soul
  • Twin Blades
  • Plague of Dreams (em três partes)

Estão sendo lançados pela Digital Webbing Press.

Bloodrayne: O Filme[editar | editar código-fonte]

Lançado em 2005, o filme foi dirigido por Uwe Boll e estrelado por Kristanna Loken como Rayne, Michael Madsen e Ben Kingsley como Kagan. O filme foi um fracasso de bilheteria nos cinemas americanos, sendo lançado no Brasil direto para vídeo. Fans dos games consideram o filme como não canônico, desde que os eventos mostrados nele se passam duzentos anos antes do game e vários outros elementos que contrariam a história do game.

Bloodrayne II: Deliverance[editar | editar código-fonte]

Ignorando a fraca bilheteria do primeiro filme, Uwe Boll lançou Bloodrayne II: Deliverance em 2008, desta vez com Natassia Malthe no papel de Rayne. Nos Estados Unidos, será lançado direto para vídeo. A história envolverá Rayne no Velho Oeste, lutando contra o cruel vampiro Billy The Kid.

Evanescence: Everybody's Fool[editar | editar código-fonte]

Bloodrayne também estrela o clipe de Evanescence, Everybody's Fool. Alguns inimigos de Rayne também aparecem no clipe, tocando instrumentos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]