Boca Livre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Boca Livre
Informação geral
Origem Rio de janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) MPB, Música Experimental
Período em atividade 1978 - atualmente
Gravadora(s) MP,B / Universal Music
Integrantes Maurício Maestro
David Tygel
Lourenço Baeta
Zé Renato
Ex-integrantes Fernando Gama
Cláudio Nucci

Boca Livre é um grupo musical brasileiro de MPB, cujo primeiro disco foi lançado independentemente em 1979.

Com seu estilo refinado, o Boca Livre se destaca por suas composições e também pelas versões de músicas de outros compositores. Seus arranjos instrumentais e, principalmente, vocais fogem da métrica convencional utilizada por outros grupos, através do uso de acordes vocais dissonantes e revezamentos nos solos.

História[editar | editar código-fonte]

O grupo vocal e instrumental formado em 1978 por Maurício Maestro (contrabaixo e vocal), Zé Renato (violão e vocal), Cláudio Nucci (violão e vocal) e David Tygel (viola 10 cordas e vocal) participou, naquele ano, do disco "Camaleão", de Edu Lobo, excursionando com o compositor através do Projeto Pixinguinha.

Lançou, no ano seguinte, o LP independente "Boca Livre", que ultrapassou a vendagem de cem mil cópias, uma marco inédito na música independente daquela época, com destaque para as canções "Toada" (Zé Renato, Claudio Nucci e Juca Filho) e "Quem tem a viola" (Zé Renato, Claudio Nucci e Xico Chaves).

Participou, em 1980, do "Show do Primeiro de Maio", realizado no Riocentro (RJ).

Em junho de 1980, Claudio Nucci desligou-se do conjunto, sendo substituído por Lourenço Baeta. Com essa nova formação, o grupo gravou "Bicicleta" (1980), LP independente que contou com as participações especiais de Tom Jobim e Naná Vasconcelos, lançou o Lp "Folia" (PolyGram,1982) e "Boca Livre" (PolyGram, 1983) de primeira música romantica do grande clássico " Panis Et Circenses" com Gilberto Gil e Caetano Veloso.

Em 1989, o quarteto lançou pela Som Livre o LP "Boca Livre em concerto", gravado ao vivo durante temporada no Canecão (RJ).

Em 1992, David Tygel desligou-se do conjunto, sendo substituído por Fernando Gama. Nesse ano, o quarteto lançou "Dançando pelas sombras", pela MP,B/Warner.

Em 1994, após sucessivas turnês e participações em festivais de música nos Estados Unidos, Europa e Canadá, o grupo regravou a canção "Dança do Ouro", para "Deseo", álbum solo de Jon Anderson, vocalista da banda Yes. Nesse ano, a gravadora Green Linnet lançou "Dançando pelas sombras" no mercado internacional.

No mesmo ano, o conjunto lançou "Song Boca", pela gravadora Velas. O disco, contemplado com o Prêmio Sharp, incluiu sucessos de sua carreira, além de um livro de partituras com arranjos vocais assinados por Maurício Maestro.

No ano seguinte, após mais uma turnê, o quarteto gravou em Nova York o CD "Americana", com a participação de Naná Vasconcelos e de músicos norte-americanos. O disco foi lançado pela gravadora Velas no Brasil e no exterior.

Em 1998, foi contemplado pela segunda vez com o Prêmio Sharp, como Melhor Grupo Brasileiro, com o CD comemorativo dos 20 anos de carreira "Boca Livre convida, 20 anos". O disco contou com participação especial de Claudio Nucci e David Tygel, integrantes da formação original do grupo, além de Djavan, Chico Buarque, Gal Costa, Milton Nascimento, Beto Guedes, Erasmo Carlos, Frejat, Ricardo Silveira, Sérgio Dias e Paulinho Moska. Apresentou-se em temporada no Teatro Rival (RJ) e nas principais capitais do país, além de participar do Summer Stage Festival de Nova York (EUA), dividir o palco em Miami (EUA) com João Gilberto e apresentar-se no Panamá (Panamá) e Caracas (Venezuela).

Em 2000, fez um espetáculo no Metropolitan (RJ), ao lado do conjunto 14 Bis. O show foi gravado ao vivo e lançado em CD. No final desse ano, Zé Renato desligou-se do grupo para dedicar-se exclusivamente à sua carreira solo, sendo substituído por Claudio Nucci, integrante da formação original do quarteto.

Em 2006, voltou a atuar com sua formação clássica, integrada por Zé Renato, David Tygel, Lourenço Baeta e Maurício Maestro. Nesse ano, apresentou-se no Teatro Rival BR e no Canecão, no Rio de Janeiro. No repertório, "Trenzinho caipira” (Villa-Lobos e Ferreira Gullar), "Correnteza” (Tom Jobim e Luiz Bonfá), "Feito mistério” (Lourenço Baeta e Cacaso), "Caxangá” (Milton Nascimento e Fernando Brant), "Caravana” (Alceu Valença e Geraldo Azevedo), “Dança do ouro” (Lourenço Baeta e Zé Renato), “Al Outro Lado Del Rio” (Jorge Drexler), “Fazenda” (Nelson Angelo), "Mistérios” (Maurício Maestro e Joyce), "Eleonor Rigby” (Lennon e McCartney), "Não é céu” (Vitor Ramil), "Quando ela fala” (Carlos Lyra, sobre poema de Machado de Assis), "The first circle” (Lyle Mays e Pat Metheny), "“Desenredo” (Dori Caymmi e Paulo César Pinheiro), "Bicicleta” (Zé Renato), "Eu no futuro” (Lula Queiroga e Lulu Oliveira) e "Panis et circensis” (Caetano Veloso e Gilberto Gil), "Toada” (Zé Renato, Claudio Nucci e Juca Filho) e “Quem tem a viola” (Zé Renato, Claudio Nucci, Xico Chaves e Juca Filho), "Valsa de uma cidade” (Ismael Netto e Antônio Maria), “Diana” (Toninho Horta e Fernando Brant) e “Ponta de areia” (Milton Nascimento e Fernando Brant). O espetáculo apresentado no Teatro Rival BR contou com uma banda formada por João Carlos Coutinho (piano), Márcio Bahia (bateria), Marcelo Bernardes (sax e flauta) e Iura Ranevsky (violoncelo). No espetáculo do Canecão, Marcos Nimrichter assumiu o piano e o acordeom. O show contou ainda com a participação do ator Paulo José, que também assinou o roteiro.

Lançou, em 2007 o CD e o DVD "Boca Livre e ao vivo", em show no Canecão (RJ), com a participação de Roberta Sá, Rodrigo Maranhão, Renato Brás, Fred martins e Marcelo Mariano, além do grupo MPB-4.

Em 2008, foi contemplado com o Prêmio Tim de Música, na categoria Melhor Grupo/MPB, pelo disco “Boca Livre ao vivo”.

Integrantes (1978)[editar | editar código-fonte]

Integrantes (1980 a 1992)[editar | editar código-fonte]

Integrantes (1992 a 2000)[editar | editar código-fonte]

Integrantes (2000 a 2005)[editar | editar código-fonte]

Integrantes (2006 em diante)[editar | editar código-fonte]

Ex-integrantes[editar | editar código-fonte]

Maiores Sucessos[editar | editar código-fonte]

  • 1980 - Toada
  • 1980 - Quem Tem A Viola
  • 1980 - Mistérios
  • 1981 - Neném
  • 1981 - Tudo Certo
  • 1981 - Estrela Da Terra (Com Nana Caymmi)
  • 1990 - João Balaio
  • 2000 - Todo Azul Do Mar (Com 14 Bis)
  • 2007 - Desenredo (Com Roberta Sá)
  • 2007 - O Trenzinho do Caipira

Discografia[editar | editar código-fonte]

Videografia[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

  • 1978 Álbum - Vital Lima & Hermínio Bello de Carvalho - Pastores da Noite (Música: Açaizeiro)
  • 1978 Álbum - Milton Nascimento - Clube da Esquina N°2 (Música: Mistérios)
  • 1978 Álbum - Edu Lobo - Camaleão (Música: Trenzinho do Caipira, Canudos, Sanha da Mandinga)
  • 1980 Álbum - Toninho Horta - Terra dos Pássaros (Música: Serenade)
  • 1980 Álbum - Teca Calazans & Ricardo Vilas - Povo Daqui (Musica: Velha Amizade)
  • 1980 Álbum - Alberto Rosenblit & Mario Adnet (Música: Penedo)
  • 1980 Álbum - Edu Lobo - Tempo Presente (Música: Rio das Pedras)
  • 1980 Álbum - Francisco Mario - Revolta dos Palhaços (Música: O Homem Mais Forte do Mundo)
  • 1980 Álbum - Guilherme Arantes - Coração Paulista (Música: Brasília)
  • 1980 Álbum - A Arca de Noé (Música: A Casa)
  • 1980 Álbum - Milton Nascimento - Sentinela (Música: Canção da América (Unencounter))
  • 1981 Álbum - A Arca de Noé 2 (Música: O Ar(o vento)
  • 1981 Álbum - Cris & Cristina (Música: Tira-Gosto)
  • 1981 Álbum - Toquinho - Doce Vida (Música: Lembranças (Dedicado a Tenorio Jr.))
  • 1981 Álbum - Quarteto em Cy - Caminhos Cruzados (Música: Borzeguim)
  • 1981 Álbum - Nana Caymmi - Mudança dos Ventos (Músicas: Estrela da Terra, Meu Bem Querer)
  • 1981 Álbum - Claudio Nucci (Músicas: Luz do Dia)
  • 1981 Álbum - Biafra - Despertar (Música: Três Palavras)
  • 1982 Álbum - Chico Lessa (Música: Me Pega, Me Larga)
  • 1983 Álbum - Gilberto Gil e Caetano Veloso - Romantico com (Música: Panis et Circenses)
  • 1989 Álbum - Rá-Tim-Bum (Tema: Rá-Tim-Bum)
  • 1989 Álbum - Quarteto em Cy - Claudio Santoro-Prelúdios e Canções de Amor (Musicas: Amor em Lágrimas, Acalanto da Rosa, Luar de Meu Bem)
  • 1989 Álbum - Joyce - Ao Vivo (Música: Monsieur Binot)
  • 1991 Álbum - Toninho Horta - Moonstone (Músicas: Yarabela, Spirit Land)
  • 1993 Álbum - Guinga - Delirio Carioca (Música: Visão de Cego)
  • 1993 Álbum - Joyce - Revendo Amigos (Música: Clareana)
  • 1994 Álbum - Jon Anderson - Deseo (Música: Dança do Ouro)
  • 1995 Álbum - Ivan Lins - Anjo de Mim (Música: Saudades de Casa)
  • 1995 Álbum - Fernando Gama (Música: Violas e Punhais)
  • 1997 Álbum - Ivan Lins - Viva a Noel Rosa (Música: Pierrot Apaixonado)
  • 2000 Álbum - Felipe Cordeiro - Outra Esquina (Música: Juba San, Outra Esquina)
  • 2001 Álbum - Mão Amiga (Música: Entre Nós, Planeta Água, Ponta de Areia)
  • 2002 Álbum - Zé Renato & Wagner Tiso - Memorial (Música: Amo-te Muito)
  • 2002 Álbum - Rubén Blades - Mundo (Músicas: The First Circle, Consideración(Oriente))
  • 2006 Álbum - Ivan Lins - Acariocando (Música: Lua Sagrada)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.