Campanha em Bougainville

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campanha em Bougainville
Guerra do Pacífico
U.S. Soldiers at Bougainville (Solomon Islands) March 1944.jpg
Soldados do Exército Americano em combate com forças japonesas em Bougainville em Março de 1944.
Data 1 de novembro de 194321 de agosto de 1945
Local Bougainville, Território de Nova Guiné, e parte das Ilhas Salomão
Resultado Vitória decisiva dos Aliados
Combatentes
US flag 48 stars.svg Estados Unidos
 Austrália
 Nova Zelândia
Fiji Colonia de Fiji
Japão Império do Japão
Comandantes
Estados Unidos Roy Geiger
Estados Unidos Theodore Wilkinson
Estados Unidos Oscar Griswold
Austrália Stanley Savige
Japão Harukichi Hyakutake
Japão Masatane Kanda
Forças
126 000 soldados,1
728 aeronaves2
45 000 – 65 000 soldados,
154 aeronaves2
Baixas
1 243 mortos3 18 500 – 21 500 mortos4

A Campanha em Bougainville foi uma campanha militar realizada durante a Segunda Guerra Mundial ocorrida entre 1 de novembro de 1943 a 21 de agosto de 1945, ao redor da Ilha de Bougainville no Pacífico Sul, travada entre as forças do Império do Japão e dos Aliados. Bougainville, naquele periodo, fazia parte do território Australiano na Nova Guiné, apesar de geograficamente fazer parte das Ilhas Salomão. A Campanha em Bougainville fez, portanto, parte tanto das campanhas na Nova Guiné como nas Ilhas Salomão. Bougainville foi ocupada pelas forças do Exército Imperial Japonês em 1942, onde foi construida uma base aeronaval, além de bases aéreas em Buka ao norte e em Buin ao sul, e uma base e um porto para a Marinha nas Ilhas Shortland. Essas bases japoneses davam segurança para as forças em Rabaul, Nova Bretanha e também dava apoio as operações militares nas Ilhas Salomão.

Fotos da Campanha[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Campanha em Bougainville

Referências

  1. Shaw, Isolation of Rabaul, p. 246, Lofgren, Northern Solomons, p. 27, & Gailey, Bougainville, p. 191. Sendo 96 000 amerianos e 30 000 australianos.
  2. a b Shaw, Isolation of Rabaul, pp. 185–86.
  3. Shaw, Isolation of Rabaul, p. 281, Lofgren, Northern Solomons, p. 32, e Gailey, Bougainville, p. 210. Mortes por país: 727 americanos e 516 australianos.
  4. Rottman, Japanese Army, pp. 70–72, AWM, Australia in the War of 1939–1945, e Gailey, Bougainville, p. 211.