Cataratas Vitória

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cataratas Vitória
Características
Altura 128 m
Localização
Rio Zambeze
País  Zâmbia -  Zimbabwe
Local Parque Nacional de Victoria Falls

As Cataratas Vitória ou Quedas Vitória são uma das mais espectaculares cataratas do mundo. Situam-se no Rio Zambeze, na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe. Têm cerca de 1,5 km de largura, e altura máxima de 128 m.

David Livingstone, explorador escocês, foi o primeiro ocidental a vê-las em 17 de Novembro de 1855 e deu-lhes o nome em honra da rainha Vitória; o nome local é Mosi-oa-Tunya, que quer dizer "fumo que troveja".[1]

O Parque Nacional de Mosi-oa-Tunya, em conjunto com o Parque Nacional de Victoria Falls, no Zimbabwe foram inscritos na lista de Património Cultural da Humanidade mantida pela UNESCO, em 1989.

Em 1860, Livingstone voltou à zona das cataratas e fez um estudo detalhado. Também o explorador português Serpa Pinto as visitou, mas até que aquela área ficasse mais acessível, o que ocorreu por volta de 1905 com a construção de uma linha de caminho-de-ferro, poucos ocidentais se aventuraram por lá. Hoje o número de visitantes anual ultrapassa os 300 milhares.

Referências

  1. Cataratas Victoria (1890-1925). Página visitada em 2013-06-01.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]