Chelydridae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaChelydridae
Chelydra serpentina

Chelydra serpentina
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Testudinata
Família: Chelydridae
Géneros
ver texto

Chelydridae é uma família do cágados típicos das Américas. O grupo contém diversos géneros, mas apenas dois monotípicos são extantes. A família Chelydridae tem, portanto, apenas duas espécies.

As duas espécies de quelidrídeos caracterizam-se pela cabeça relativamente grande e pelas patas, que não retraem totalmente dentro da carapaça. Têm mandíbulas fortes, em forma de gancho, e cauda comprida. O plastrão é pequeno e cruciforme. A Chelydra serpentina habita a América do Norte, da costa do Golfo do México até o sul do Canadá e para oeste até o Colorado. Tem comprimento médio de 45 cm. A Macrochelys temminckii é maior, com 66 cm de comprimento médio, e habita as zonas entre o Illinois e a Georgia.

A família Chelydridae tem uma longa história paleontológica. São conhecidos diversos exemplares fóssies de quelidrídeos das Américas, Ásia e Europa. A espécie mais antiga de quelidrídeo que se conhece é a Emarginachelys cretacea, descoberta em formações do Maastrichtiano (Cretácico) do estado de Montana. O género Chelydropsis inclui as espécies europeias, que viveram entre o Oligocénico e o Pliocénico. Os dois géneros extantes Macrochelys e Chelydra surgiram no Miocénico e Pleistocénico, respectivamente[1] .

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

A espécie Platysternon megacephalum da Ásia, é por vezes incluida neste grupo. O IUCN considera-a numa família à parte[2] .

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre tartarugas, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.