Cidade-Herói

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monumento de Cidade-Herói em Sebastopol.

Cidade Herói (russo: город-герой, gorod-geroy, ucraniano: Місто-герой, Misto-heroy) era um título honorífico soviético outorgado por grande heroísmo durante a II Guerra Mundial, de 1941 a 1945. Ele foi outorgado a doze cidades soviéticas.

Esta distinção simbólica para uma cidade correspondia ao título individual de Herói da União Soviética. De acordo com o estatuto, a cidade recebia a Ordem de Lenin, a Estrela Dourada e o certificado de ação heróica, entregue pelo Presidium do Soviete Supremo da União Soviética. Um obelisco comemorativo também era erguido na cidade.

História[editar | editar código-fonte]

O uso do termo "cidade-herói" foi primeiro visto no jornal oficial Pravda, no começo de 1942 e sua primeira utilização oficial ocorreu em 1 de maio de 1945 quando Josef Stalin publicou sua Ordem do Supremo Comando Nº20, ordenando disparos de canhão em saudação às "cidades-herói" de Leningrado, Sebastopol, Stalingrado e Odessa.

Em 22 de junho de 1961 (o aniversário de 20 anos do início da Grande Guerra Patriótica, como os russos chamam a guerra entre a União Soviética e a Alemanha nazista na II Guerra Mundial) o termo cidade-herói foi aplicado a Kiev, na Ucrânia, numa proclamação oficial (ukase) que também outorgou à cidade a Ordem de Lenin.

Outras cidades foram também outorgadas com o título: Moscou (1965), Kerch e Novorossiysk (1973), Minsk (1974), Tula (1976), Murmansk e Smolensk (1985).