Classe Bertioga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O CTE Bauru (Be-4) navegando no litoral brasileiro.

A Classe Bertioga foi uma classe de contratorpedeiros de escolta da Marinha do Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

A Classe Cannon agrupava contratorpedeiros de escolta construídos para a Marinha dos Estados Unidos no ano de 1943 para o esforço da Segunda Guerra Mundial. Em 1945, elas foram descomissionadas e seis navios foram transferidas para a Marinha do Brasil, aonde foram reclassificados como Classe Bertioga. Posteriormente sofreram uma nova reclassificação como Aviso Oceânico, tendo todo seu armamento removido. Todos os navios foram descomissionados a partir dos anos 1960, e em seguida sucateados. Somente o CTE Bauru (D-18) foi transformado em museu no Rio de Janeiro.

Lista de Navios[editar | editar código-fonte]

Número de amura Nome Comissionamento Baixa US Navy
D 16 Babitonga 1945 1964 USS Alger (DE-101)
D 17 Baependi 1945 1973 USS Cannon (DE-99)
D 18 Bauru 1945 1981 USS Reybold (DE-177)
D 19 Beberibe 1945 1968 USS Herzog (DE-178)
D 20 Benevente 1945 1964 USS Christopher (DE-100)
D 21 Bertioga 1945 1964 USS Pennewill (DE-175)
D 22 Bocaina 1945 1975 USS Marts (DE-174)
D 23 Bracuí 1945 1972 USS McAnn (DE-179)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Classe Bertioga