Club Guaraní

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção sobre futebol não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Guaraní
Nome Club Guaraní
Alcunhas El Cacique (O Cacique)
El Aborígen (Aborígenes)
Aurinegros (Os Aurinegros)
Fundação 1903
Estádio Rogelio Livieres
Capacidade 8 mil pessoas
Presidente Paraguai Federico Acosta
Treinador Uruguai Gustavo Díaz
Material esportivo Brasil Dal Ponte
Competição Primeira Divisão Paraguaia
Kit left arm clubguarani14h.png Kit body clubguarani14h.png Kit right arm clubguarani14h.png
Kit shorts.png
Kit socks clubguarani14h.png
Uniforme
titular
Kit left arm clubguarani14a.png Kit body clubguarani14a.png Kit right arm clubguarani14a.png
Kit shorts clubguarani14a.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

O Club Guaraní é um clube de futebol paraguaio fundado em 12 de outubro de 1903, na cidade de Assunção. Manda seus jogos no Estádio Rogelio Livieres, com capacidade para oito mil pessoas. Já ganhou dez campeonatos paraguaios.

É o segundo clube mais velho do futebol paraguaio. Fundado com o nome "Fútbol Club Guaraní", seu primeiro presidente foi Juan Patri. O nome do clube deriva da tribo Guaraní, uma grande parte da cultura e história paraguaia.

Cores[editar | editar código-fonte]

As cores do clube, preto e amarelo, foram propostas pelos irmãos Melina (também estavam entre os fundadores do clube) em referência as cores do Peñarol do Uruguai, onde os irmãos Melina jogaram por alguns anos.

História[editar | editar código-fonte]

O Guaraní é um dos mais tradicionais times do futebol Paraguaio e durante sua história eles venceram 10 campeonatos paraguaios e foram vice-campeões em dez oportunidades. O melhor momento do clube foi na década de 60, onde conquistaram três títulos, sendo considerada como a "Década de Ouro" pelos torcedores.

Em 2009 o Guaraní participou da Taça Libertadores da América, caindo no mesmo grupo do Boca Juniors, infelizmente não somou nenhum ponto e assim sendo desclassificado da taça.

Em destaque é a categoria de base da equipe aborígen que todos os anos joga campeonato pela Itália, Suíça, Espanha, Uruguai e até mesmo pelo Brasil, revelando muitos garotos para a equipe profissional e até mesmo para outros clubes que é o caso do Jorge Benítez atacante de 20 anos, Nildo Viera, também atacante de 19 anos, Beto de la Cruz volante 21 anos e o brasileiro Virgílio Pinto meia-atacante que se destacou na base do Guaraní, mas não teve oportunidade no profissional sendo assim foi buscar o seu espaço em seu país hoje está no América de Natal - RN (Brasil)

Torcida[editar | editar código-fonte]

A "Raza Aurinegra" foi fundada em 18 de janeiro de 1999 e surgiu graças a um grupo de amigos que se reuniu em um local do clube e formou um pequeno grupo para apoiar o clube.

Clássicos paraguaios[editar | editar código-fonte]

Contra o Club Olimpia, o Guaraní disputa o "clássico añejo" (o clássico mais antigo) por serem os dois clubes mais antigos do Paraguai. Ao lado do rival, são os únicos clubes paraguaios que nunca atuaram na segunda divisão.


Parceria[editar | editar código-fonte]

No dia 09 de Dezembro de 2011 foi decretado parceria com o Botafogo de Futebol e regatas para que os atletas de base dos dois clubes sejam observados para surgir novas promessas paraguaias e brasileiras

Títulos[editar | editar código-fonte]

(1906, 1907, 1921, 1923, 1949, 1964, 1967, 1969, 1984 e 2010 - Apertura)

Principais jogadores[editar | editar código-fonte]

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ParaguaiSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol paraguaios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.