Colecalciferol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colecalciferol
Alerta sobre risco à saúde
Cholecalciferol.svg Cholecalciferol-vitamin-D3-from-xtal-3D-sticks.png
Nome IUPAC (3β,5Z,7E)-9,10-secocholesta-
5,7,10(19)-trien-3-ol
Outros nomes vitamin D3, activated 7-dehydrocholesterol.
Identificadores
Número CAS 67-97-0
Número EINECS 200-673-2
ChemSpider 9058792
SMILES
InChI InChI=1/C27H44O/c1-19(2)8-6-9-21(4)25-15-16-26-22(10-7-17-27(25,26)5)12-13-23-18-24(28)14-11-20(23)3/h12-13,19,21,24-26,28H,3,6-11,14-18H2,1-2,4-5H3/b22-12+,23-13-/t21-,24+,25-,26?,27-/m1/s1
Propriedades
Fórmula molecular C27H44O
Massa molar 384.64 g/mol
Aparência White, needle-like crystals
Ponto de fusão

83–86 °C

Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Colecalciferol é uma forma de Vitamina D, chamada Vitamina D3. A Vitamina D3 é uma vitamina solúvel em gordura que pode ser armazenada nas células adiposas para uso futuro, no entanto, a deficiência de vitamina D no organismo pode ter efeitos adversos sobre a saúde de um indivíduo. Existem duas formas de que a vitamina D: o colecalciferol (cholecalciferol), produzido pelo organismo humano quando o mesmo está exposto diretamente aos raios UVB do sol, sendo a melhor fonte natural de vitamina D. A segunda forma da vitamina D é o ergo-calciferol (ergocalciferol), conhecida como vitamina D2. A vitamina D promove a saúde dos dentes e ossos em crianças, contribuindo para o não aparecimento do raquitismo. Além disso, melhora a densidade óssea (massa óssea), auxilia na construção e prevenção da perda óssea, além de proteger o corpo contra a fraqueza muscular, vez que promove a maior absorção de cálcio no sangue.

A vitamina D3 também reduz o risco de certos tipos de câncer em homens e mulheres, como câncer de próstata, câncer de mama e câncer de cólon. Pode reduzir riscos associados à gravidez certas infecções relacionadas, incluindo vaginose bacteriana (vaginite), que representa uma ameaça de parto prematuro e óbito fetal. Previne ou melhora as condições, tais como diabetes e esclerose múltipla. Ela também pode reduzir o risco de doença cardíaca, pressão arterial e os níveis de colesterol ruim no corpo. Aprimora o funcionamento do sistema imune (sistema imunológico), prevenindo assim, o surgimento de doenças auto-imunes, como a gripe e alergias sazonais.

A vitamina D3 diminui o risco de câncer de cólon, mama e próstata.. As condições de pessoas portadores de artrite reumatóide pode ser melhorada com boas fontes de vitamina D. A deficiência de vitamina D no organismo pode ter efeitos adversos sobre a saúde de um indivíduo. Os efeitos em crianças geralmente são indicados pela presença de raquitismo, doença que deforma os ossos e dentes. Em adultos, as deficiências da vitamina D3 são indicadas pela presença de osteomalacia, osteoporose, diabetes tipo 1, dor muscular e óssea e certos tipos de câncer.

Devido ao fato da vitamina D influenciar a produção de hormônios no corpo, também pode melhorar determinadas condições de pele, como psoríase, vitiligo e esclerodermia, além de controlar o humor. Em países que têm condições de luz baixa durante alguns meses do ano, o organismo é incapaz de obter a sua quota adequada de vitamina D através da síntese natural. Durante este período, suplementos de vitamina D3 podem ajudar na redução dos sintomas de depressão e transtorno afetivo sazonal.

A vitamina D3 impede o aparecimento e trata raquitismo, osteoporose pós-menopausa. Previne o risco de aparecimento em quedas e fraturas para pessoas em pessoas com condição de risco para a osteoporose, osteoporose induzida por corticosteróides e osteomalacia. Comprar suplementos à base de vitamina D para pessoas com deficiências no organismo dessa vitamina, pode trazer uma melhora geral na saúde, no entanto, um médico deve ser previamente consultado.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.